Jornal do Commercio
2017

Chapecoense não terá imunidade de rebaixamento na Série A

Presidente da Chape confirmou que CBF não poderá fazer solicitação dos outros clubes

Publicado em 05/12/2016, às 15h40

Ivan Tozzo, presidente em exercício da Chapecoense, confirmou que clube não terá imunidade / Divulgação
Ivan Tozzo, presidente em exercício da Chapecoense, confirmou que clube não terá imunidade
Divulgação
JC Online

Vários clubes da Série A até tentaram, mas a Chapecoense não estará imune ao rebaixamento na Série A nas próximas três temporadas. Em entrevista ao Esporte Interativo, Ivan Tozzo, presidente em exercício do clube catarinense, confirmou a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) não poderá atender a solicitação.

“Falei com o presidente Del Nero e com Walter Feldman (secretário-geral da CBF) também. Isso não existe. Isso não tem como eles fazerem. A CBF querer nos ajudar, assim como os clubes, que estão querendo emprestar jogadores. Mas garantir três anos (sem rebaixamento) é impossível. Eles não podem fazer isso”, afirmou Ivan Tozzo, ao Esporte Interativo.



Com essa solicitação negada, a Chapecoense corre para organizar o planejamento visando 2017. Principalmente porque, no dia 14 de dezembro, o clube terá eleições para o Executivo e para o Conselho Deliberativo. “Nós já estamos garantidos na Série A em 2017. Agora, precisamos fazer um bom planejamento para continuar no Brasileirão e fazer com que a Chapecoense seja sempre grande”, finalizou Tozzo.



Comentários

Por Yuri Carvalho,29/12/2016

VERGONHAAAAAAAA... VERGONHAAAAA... Me sinto enojado em ser Brasileiros por esses "dirigentes" meia boca por não terem Altruísmo, compaixão, solidariedade, bom senso e desportividade. Deus que me perdoe... Mas esses seres humanos que comandam o futebol brasileiro deveriam estar naquele avião da Lâmia.

Por Otacilio Costa,05/12/2016

Só mesmos pessoas com pouca moral como esses ai da CBF pra não aceitar a imunidade por 3 anos pra Chape. É só convocar uma assembléia extraordinária com os Presidentes dos clubes da Série A e B e levar a votação, se a maioria aprovar tudo resolvido. Mas entendo que deveria ser uma atitude de compaixão e solidariedade para com a Chapecoense que perdeu todos os seus jogadores no tragédia na queda do avião. Os colombianos sim, aqueles são gente de verdade, mostraram toda a sua grandeza de espirito de solidariedade, mas como temos brasileiros tão mesquinhos como esses que dirigem a CBF, bandidos procurados pela Interpol. VERGONHA.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Papai Noel o ano inteiro Papai Noel o ano inteiro
As luzes na cidade anunciam que o Natal já chegou. É nesta época do ano que o espírito natalino faz aflorar alguns dos sentimentos mais nobres. Agora iremos contar histórias de pessoas, organizações e empresas que fizeram da solidariedade missão de vida
Vida fit todo dia Vida fit todo dia
Apesar de a abertura do Verão no Brasil só acontecer em dezembro, no Nordeste há uma antecipação da data. Por esse motivo, que tal aproveitar esses meses de energia para cultivar bons hábitos e mudar o estilo de vida? Veja várias dicas de como se cuidar
BRT: E agora? BRT: E agora?
Ele está ferido, sofrido. Esquecido. E sem perspectivas de melhoria. Tem sobrevivido como é possível e, apenas pontualmente, esboça reações positivas. O sistema BRT, Bus Rapid Transit, tem sofrido de inanição em todo o País. E poderá se perder.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM