Jornal do Commercio
CAMPEONATO PERNAMBUCANO

Evandro Carvalho classifica arbitragem do clássico como 'sofrível'

Árbitro carioca Wagner Nascimento Magalhães anulou um gol válido do zagueiro alvirrubro Ewerton Páscoa

Publicado em 17/04/2017, às 16h07

Evandro Carvalho é contra o uso de árbitros de fora de Pernambuco / JC Imagem
Evandro Carvalho é contra o uso de árbitros de fora de Pernambuco
JC Imagem
Matheus Cunha
mfacunha@outlook.com

O presidente da Federação Pernambucana de Futebol (FPF), Evandro Carvalho, não gostou nada da arbitragem do carioca Wagner Nascimento Magalhães, no clássico deste domingo (16/04), entre Sport e Náutico, pelas semifinais do Campeonato Pernambucano, na Ilha do Retiro. Declaradamente contra o uso de árbitros de fora do Estado nas partidas do Estadual, o mandatário classificou o trabalho de Wagner como sofrível. Ele ressaltou o gol mal anulado de Ewerton Páscoa, zagueiro do Timbu, que cabeceou a bola para o gol após falta cobrada por Marco Antônio. No lance, Wagner enxergou falta do defensor em Magrão e anulou o gol. No fim, o Leão venceu os alvirrubros por 3x2.

"Foi uma arbitragem sofrível. O gol de (Ewerton) Páscoa foi claro. Um lance sem interferência, todo mundo viu. Um erro muito grave. Eu sou contra o uso de árbitro de fora. Nós temos grandes profissionais no nosso quadro. O custo para trazer profissionais de fora de Pernambuco é de R$ 28 mil", disse Evandro.



PRÓXIMO JOGO

Quanto a escolha do profissional que irá comandar o jogo da volta, no próximo domingo (23/04), na Arena de Pernambuco, o mandatário adiantou que a arbitragem será mais uma vez de fora. O sorteio acontecerá na próxima quarta-feira (19/04), no Rio de Janeiro. Todo o custo do quarteto (árbitro, dois assistentes e quarto árbitro) será pago integralmente pelos clubes. 





Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.
Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM