Jornal do Commercio
APROVADA

Evandro Carvalho sobre final do PE: 'Parabéns para a arbitragem'

Arbitragem foi motivo de revolta para o Salgueiro

Publicado em 29/06/2017, às 00h54

Wilton anulou um gol do Salgueiro / Diego Nigro/JC Imagem
Wilton anulou um gol do Salgueiro
Diego Nigro/JC Imagem
Matheus Cunha
mfacunha@outlook.com

Se o Salgueiro ficou revoltado com a atuação do árbitro Wilton Bezerra e do seu assistente, Emerson Augusto de Carvalho, por conta da anulação de um gol de Álvaro, o presidente da Federação Pernambucana de Futebol (FPF), Evandro Carvalho, não teve do que se queixar da qualidade do apito no duelo. Afirmou que Wilton e Emerson acertaram sim em não validar o gol do Carcará. 

"O árbitro marcou a saída de bola de maneira correta. Ele ainda teve o cuidado e a precaução de verificar a imagem congelada, como a bola saiu, não havia o que fazer. Parabéns para a arbitragem que agiu de maneira correta. Imagina se o árbitro validasse o gol? Ficamos felizes que a tecnologia tem ajudado na correção da decisão", disse o mandatário. 



O CASO

A queixa dos salgueirenses se deu após o escanteio cobrado por Daniel, que acabou com a finalização de Álvaro para as redes de Magrão. No lance, o assistente viu uma saída de bola assim que a cobrança foi feita. Após muita reclamação dos jogadores sertanejos, o árbitro recorreu ao assistente de vídeo. Cinco minutos depois, ele resolveu manter a decisão de Emerson. 





Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.
Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM