Jornal do Commercio
SÉRIE C

Náutico e Santa Cruz terão longas viagens pela frente na Série C

A maioria dos deslocamentos na Terceirona serão realizados de ônibus

Publicado em 13/11/2017, às 12h27

Náutico e Santa Cruz terão de encarar a dura realidade da Série C / Foto: Léo Lemos/ Náutico
Náutico e Santa Cruz terão de encarar a dura realidade da Série C
Foto: Léo Lemos/ Náutico
Filipe Farias
Twitter: @_filipefarias

Na disputa da Série C, Náutico e Santa Cruz terão de se acostumar com a dura realidade da competição. Uma delas: as longas viagens. Muitas serão feitas de ônibus, já que a CBF não disponibiliza passagens aéreas para trechos menores a 700 km.

Para encarar Salgueiro, Confiança, Globo-RN e ABC, por exemplo, alvirrubros e tricolores terão de colocar o pé na estrada. Contudo, mesmo em jogos com distâncias maiores, as viagens feitas de avião também acabam se tornando bastante desgastantes.



Para chegar em Belém-PA (Remo) e no Rio Branco-AC (Atlético Acreano), dificilmente os times pernambucanos conseguirão um voo direto, sendo obrigados a fazerem escalas complicadas até chegarem à cidade do confronto.

Confira os times já confirmados na Série C e as respectivas distâncias:

 


Recomendados para você


Comentários

Por JOSÉ CARLOS ARRUDA,13/11/2017

ESPERO QUE A DIRETORIA QUE IRÁ ASSUMIR A PROXIMA GESTÃO TENHA RESPONSABILIDADE DE GERIR BEM E COLOCAR O CLUBE EM SEU DEVIDO LUGAR.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

BRT: E agora? BRT: E agora?
Ele está ferido, sofrido. Esquecido. E sem perspectivas de melhoria. Tem sobrevivido como é possível e, apenas pontualmente, esboça reações positivas. O sistema BRT, Bus Rapid Transit, tem sofrido de inanição em todo o País. E poderá se perder.
Especial educação Especial educação
E se você descobrisse que o futuro ligado às tendências que irão norteá-lo já chegou? O mundo hoje é um mar de oportunidades, para conhecimento, informação e inovação. Cada vez mais o profissional precisa evoluir. Por isso veja o caminho a seguir
A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza
A capital cearense, diferentemente da pernambucana – embora nordestina também – deu um salto na infraestrutura viária voltada para as bicicletas. A cidade está repleta de ciclofaixas. Por toda parte. E a grande maioria conectada

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM