Jornal do Commercio
Clássico das Multidões

Relembre as últimas decisões entre Sport e Santa Cruz

Rivais se enfrentaram não apenas pelo Estadual, mas também na Copa do Nordeste e na Sul-Americana nos últimos anos

Publicado em 14/03/2018, às 10h53

Santa Cruz tem levado a melhor nos duelos mais recentes entre as duas equipes / Foto: Guga Matos e Alexandre Gondim/JC Imagem
Santa Cruz tem levado a melhor nos duelos mais recentes entre as duas equipes
Foto: Guga Matos e Alexandre Gondim/JC Imagem
Vinícius Barros

Sport e Santa Cruz têm se tornado um duelo cada vez mais comum nos últimos anos. Com 16 partidas decisivas de 2011 para cá, o Clássico das Multidões teve melhor desfecho para os corais em oito vezes e em cinco para o Leão. Na noite desta quarta, as equipes batem de frente pelas quartas do Estadual.

Os jogos foram decisivos em três competições: Campeonato Pernambucano, Copa do Nordeste e Copa Sul-Americana. Nas finais do Estadual de 2011, 2012, 2013 e 2016, a Cobra Coral saiu com o título.

No primeiro duelo entre eles em uma competição internacional, também deu Santa Cruz, classificado para segunda fase da Sul-Americana daquele ano após derrotar os rubro-negros. Já pela Copa do Nordeste de 2017, o confronto ocorreu na semifinal e serviu para o Sport se vingar das eliminações nos anos anteriores.



Relembre os confrontos:

Decisões do Pernambucano

Após cinco anos sem se encontrarem em uma final, Santa Cruz e Sport voltaram a decidir um Estadual em 2011. Em situação financeira complicada e integrante da Série D, o tricolor conseguiu superar a equipe rubro-negra, então na Série B do Brasileiro. Na Ilha do Retiro, melhor para os corais, que venceram por 2x0 o primeiro jogo. No Arruda, triunfo do Sport por 1x0, placar insuficiente para tirar a taça das mãos dos tricolores. Em 2012, o zero não saiu do placar na partida de ida entre as duas equipes, no Arruda. Na volta, em duelo movimentado, melhor para o Santa: 3x2 e bicampeonato conquistado. Em 2013, supremacia total dos corais. Após vencer em casa por 1x0, o Santa derrotou o Leão na Ilha do Retiro por 2x0 e sagrou-se tricampeão. Já em 2016, segurou o empate em 0x0 fora de casa depois de vencer por 1x0 em seus domínios para levar mais um troféu para o Arruda. Além dos confrontos nas decisões, os rivais se enfrentaram na semifinal de 2014, com o Sport eliminando o Santa nos pênaltis após cada time vencer uma partida em seus domínios. 

Copa Sul-Americana

Enquanto no Brasileirão os torcedores do Sport saíram animados com os resultados , no torneio internacional, a comemoração foi tricolor. Depois de um 0x0 na ida, os tricolores arrancaram a vitória por 1x0 no segundo embate. Os dois encontros ocorreram na Arena de Pernambuco e demarcaram o primeiro Clássico das Multidões em competições estrangeiras.

Copa do Nordeste

Após perder por 2x1 em casa em jogo marcado por provação do atacante tricolor Halef Pitbull, o Sport foi ao Arruda determinado em alcançar a classificação para final do Nordestão de 2017. Precisando vencer por dois gols de diferença para garantir a vaga, os leoninos abriram o placar no primeiro tempo e consolidaram o resultado na segunda etapa ao ampliarem para 2x0. O duelo contou ainda com várias expulsões e brigas entre jogadores.

Teste sua memória com os mascotes do Campeonato Pernambucano


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Cantos e Recantos Cantos e Recantos
A temporada de sol está nos espreitando, e a Praia de Boa Viagem é sempre uma opção de passeio. Mas que tal ousar um pouquinho na quilometragem e desbravar outros destinos? Pernambuco tem muitos lugares fantásticos e você vai adorar o roteiro que o JC fe
As Paixões de José Pimentel, o eterno Jesus As Paixões de José Pimentel, o eterno Jesus
O JC preparou um hotsite especial em homenagem ao ator e diretor Jose Pimentel, o eterno Jesus Cristo do teatro pernambucano
Nordeste Renovável Nordeste Renovável
Com a força dos ventos e a incidência solar, o Nordeste desponta como oásis. Não só para o turismo, nem apenas no Litoral. Na geração de energia sustentável está a nova fonte de riqueza da Região, principalmente no interior

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM