Jornal do Commercio
Pernambuco

Evandro Carvalho será aclamado presidente da FPF

O presidente Evandro Carvalho será reeleito no cargo da entidade

Publicado em 25/09/2018, às 09h32

Evandro Carvalho passará onze anos no cargo de presidente da FPF / Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Evandro Carvalho passará onze anos no cargo de presidente da FPF
Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Davi Saboya
Twitter: @davisaboya

O atual mandatário Evandro Carvalho será reeleito presidente da Federação Pernambucana de Futebol (FPF), hoje, às 16h, na sede da entidade, no Centro do Recife. Único candidato escrito no processo eleitoral, ele será aclamado ao lado dos três vice-presidentes. O segundo mandato é válido para os próximos quatro anos (2019-2022). </DC>Na mesma ocasião, também será formado o Conselho Fiscal.

Os vices de Evandro Carvalho serão Pedro Lacerda (1º), Paulo Wanderley (2º) e Murilo Falcão (3º). O penúltimo é a grande novidade na chapa, visto que estava fora do futebol pernambucano desde que deixou o comando do Náutico no ano de 2013.

Os outros dois já trabalhavam na Federação nos últimos quatro anos. Ambos na mesma função. O último, além de vice-presidente, acumula o cargo de diretor de competições da entidade local.



Evandro Carvalho assumiu a FPF depois que o ex-presidente Carlos Alberto Oliveira faleceu em 2011. Agora, no total, ele passará onze anos no cargo. E nada impede o terceiro mandato, segundo estatuto.

Nesses anos, o presidente acumulou polêmicos apoios a ex-presidentes da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Entre eles, Marco Polo Del Nero e José Maria Marin.

CBF

Recentemente, Evandro Carvalho foi o chefe da delegação da seleção brasileira nos últimos dois amistosos do Brasil, contra Estados Unidos e El Salvador.





Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.
Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM