Jornal do Commercio
Novembro

CBF confirma amistoso da seleção brasileira com o Uruguai

Brasil encara Argentina e Arábia Saudita neste mês

Publicado em 09/10/2018, às 15h42

Segundo amistoso ainda não confirmado / Lucas Figueiredo/CBF
Segundo amistoso ainda não confirmado
Lucas Figueiredo/CBF
JC Online

Às vésperas dos amistosos com Arábia Saudita e Argentina, a seleção brasileira já sabe quem será seu adversário nas próximas datas Fifa. Nesta terça-feira, a CBF confirmou que o Brasil enfrentará o Uruguai no dia 16 de novembro, no Emirates Stadium, do Arsenal, em Londres. O jogo está marcado para as 17h, pelo horário de Brasília.

O adversário do segundo amistoso do mesmo período, que compreende os dias 12 e 20 de novembro, ainda não foi confirmado A provável data da outra partida, que será a última da seleção neste ano, é o dia 20. Mas a meta da CBF é escolher um rival mais competitivo, à semelhança do Uruguai, que parou nas quartas de final da Copa do Mundo da Rússia, assim como o Brasil - os uruguaios foram eliminados pela França, que viria a ficar com o título.

A escolha do Uruguai, um rival histórico do time brasileiro, vem atender à demanda da torcida e dos críticos da seleção, que vinha de amistosos com rivais fracos, como Estados Unidos e El Salvador, em setembro. Foram os primeiros jogos depois do Mundial. Neste mês, o Brasil terá pela frente a modesta equipe da Arábia Saudita e a Argentina, que não terá o craque Lionel Messi, na sexta-feira e no dia 16, respectivamente, ambos em solo saudita



De acordo com o coordenador de seleções da CBF, Edu Gaspar, a escolha dos rivais da seleção atende a um critério de elevar o nível de dificuldade a cada amistoso nos próximos meses.

"Como planejamos desde o início do novo ciclo, chegamos a uma reta final no período de observações, do ciclo a curto prazo. Acredito que, após enfrentar a Argentina, um amistoso com o Uruguai está dentro da nossa ideia de observação e preparação. São dois clássicos sul-americanos com um nível de enfrentamento muito alto", comentou Edu Gaspar.

Ele não indicou de qual continente será o outro adversário da seleção brasileira no segundo amistoso do mês de novembro. Existe a possibilidade de ser um rival europeu porque o técnico Tite espera testar melhor o Brasil pensando na disputa da Copa América, em junho de 2019, em casa.





Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.
Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM