Jornal do Commercio
Seleção

Mantido como 9 do Brasil, Gabriel Jesus é elogiado por Tite

Time verde e amarelo encara a Arábia Saudita nesta sexta

Publicado em 11/10/2018, às 19h30

Jesus passou em branco no Mundial / Lucas Figueiredo/CBF
Jesus passou em branco no Mundial
Lucas Figueiredo/CBF
Estadão Conteúdo

Depois de ficar fora dos amistosos que a seleção brasileira fez contra Estados Unidos e El Salvador no mês passado, em solo norte-americano, por opção do técnico Tite, o Gabriel Jesus foi chamado para defender o Brasil nos confrontos diante da Arábia Saudita, nesta sexta-feira, às 15 horas (de Brasília), em Riad, e contra a Argentina, na próxima terça, em Jeddah, com o seu prestígio intacto com o treinador do time nacional.

O jogador do Manchester City decepcionou ao não marcar nenhum gol nos cinco jogos que o Brasil fez na Copa do Mundo da Rússia, mas segue com a confiança do comandante, que voltou a elogiar o jovem atacante em entrevista coletiva concedida nesta quinta-feira no estádio da Universidade King Saud, palco da partida desta sexta.

"Gabriel Jesus tem característica dos diferentes. Há um livro do Michael Jordan chamado de 'Nunca Deixe de Tentar'. Ninguém permanece em alto nível o tempo todo, mas ele tem na participação, no nível de concentração, é questão de tempo e tranquilidade para ele retomar melhor desempenho", afirmou Tite, que sempre elogiou o papel tático que o atleta desempenhou na seleção brasileira.

O sinal claro da confiança do treinador é o de que nesta quinta o jogador foi confirmado como o camisa 9 do Brasil para os dois próximos amistosos. A CBF soltou a numeração dos 23 nomes convocados para estes jogos e o atacante tem escalação garantida na equipe que pegará a Arábia Saudita nesta sexta. Porém, deverá dar lugar a Roberto Firmino, em melhor fase com a camisa do Liverpool, no confronto com os argentinos.



No treino desta quinta-feira, Tite voltou a escalar o Brasil com Ederson; Fabinho, Pablo, Marquinhos e Alex Sandro; Casemiro, Fred, Renato Augusto, Philippe Coutinho e Neymar; Gabriel Jesus. Já a formação reserva da atividade teve Alisson; Danilo, Éder Militão, Miranda e Filipe Luís; Arthur e Walace; Lucas Moura, Roberto Firmino, Richarlison e Malcom.

Até pelo fato de que a Arábia Saudita é um rival sem peso no futebol mundial, Tite vai aproveitar para testar vários jogadores hoje considerados reservas da seleção. No caso, Ederson, Fabinho, Pablo, Alex Sandro e Fred serão as principais novidades do time nacional.

"O técnico tenta manter uma estrutura base, e dar oportunidade aos atletas, não experimentar. Atletas de alto nível a gente oportuniza. Mantém uma estrutura e oportuniza para que possam desenvolver melhor. Conjunto pode dar suporte pra Pablo, Ederson e Fabinho produzirem bem", enfatizou o técnico da seleção nesta quinta.

Confira a numeração do Brasil para os dois próximos amistosos:

1 - Alisson

2 - Danilo

3 - Miranda

4 - Éder Militão

5 - Casemiro

6 - Alex Sandro

7 - Richarlison

8 - Renato Augusto

9 - Gabriel Jesus

10 - Neymar

11 - Philippe Coutinho

12 - Pablo

13 - Marquinhos

14 - Fabinho

15 - Arthur

16 - Filipe Luis

17 - Walace

18 - Fred

19 - Malcom

20 - Roberto Firmino

21 - Lucas

22 - Phelipe

23 - Ederson





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Papai Noel o ano inteiro Papai Noel o ano inteiro
As luzes na cidade anunciam que o Natal já chegou. É nesta época do ano que o espírito natalino faz aflorar alguns dos sentimentos mais nobres. Agora iremos contar histórias de pessoas, organizações e empresas que fizeram da solidariedade missão de vida
Vida fit todo dia Vida fit todo dia
Apesar de a abertura do Verão no Brasil só acontecer em dezembro, no Nordeste há uma antecipação da data. Por esse motivo, que tal aproveitar esses meses de energia para cultivar bons hábitos e mudar o estilo de vida? Veja várias dicas de como se cuidar
BRT: E agora? BRT: E agora?
Ele está ferido, sofrido. Esquecido. E sem perspectivas de melhoria. Tem sobrevivido como é possível e, apenas pontualmente, esboça reações positivas. O sistema BRT, Bus Rapid Transit, tem sofrido de inanição em todo o País. E poderá se perder.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM