Jornal do Commercio
FUTEBOL DE VÁRZEA

Mais de 20 partidas movimentam a reta final do Recife Bom de Bola

A rodada contará com partidas do Sub-13, Sub-15, Sub-17, Feminino, Aberto e Veterano

Publicado em 08/11/2018, às 20h38

Competição segue até o mês de dezembro / Foto: Daniel Tavares/PCR
Competição segue até o mês de dezembro
Foto: Daniel Tavares/PCR
JC Online

Maior campeonato de futebol de várzea do mundo, o Recife Bom de Bola já está chegando na reta final. A próxima rodada, que começa neste sábado (10), contará com 24 partidas das categorias Sub-13, Sub-15, Sub-17, Feminino, Aberto e Veterano pelos campos de várzea do Recife. A rodada irá se encerrar na manhã da próxima quinta-feira (15).

O torcedor poderá acompanhar o Recife Bom de Bola a partir das 8h30 do sábado, dia no qual a bola irá correr para 19 partidas em 11 campos diferentes da capital pernambucana.



Destaques

No campo da Roda de Fogo, na Zona Oeste do Recife, o atual campeão do sub-13, CT Barão enfrenta o Átomo Futebol Clube em jogo que só a vitória interessa. Já pelo sub-15, o Formoso FC jogará contra o Elosport F.C, no campo do Barreirão, no bairro da Guabiraba. Ainda no sábado, na categoria Feminino, o Garra entra em campo contra o Joias Raras.

Já pela categoria Aberto, o Pelotas F.C joga contra o time Copo Cheio na terça-feira (13). Na quinta-feira, no campo do Bueirão, na Torre, os jogos entre Andorinha F.C x Internacional Futebol Clube e Vila Nova Atlético Clube x Cruzeirense Futebol Clube, pela categoria Veterano, irão fechar a rodada.





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC 100 anos JC 100 anos
Para marcar os 100 anos de fundação, o JC publica este especial com um panorama do que se passou neste período em que o jornal retratou o mundo, com projeções de especialistas sobre o que vem por aí e com os bastidores da Redação do Jornal do Commercio
Sozinha nasce uma mãe Sozinha nasce uma mãe
Uma palavra se repete na vida dela: sozinha. Porque estava sozinha na gravidez. Sozinha na hora do parto. Sozinha nas primeiras noites de choro. Sozinha nos primeiros passos. Sozinha no registro civil. O JC conta histórias de luta das mães sozinhas
Segunda chance - Caminhos para ressocializar Segunda chance - Caminhos para ressocializar
Eles saem das prisões, mas as prisões não saem deles. Perseguem-nos até o final de suas vidas. Como uma condenação perpétua. Pena. Eles lamentam. Mas precisam seguir. E neste difícil caminho da ressocialização, o trabalho é uma espécie de absolvição.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM