Jornal do Commercio
CHAMPIONS LEAGUE

Mourinho justifica desabafo após vitória do Manchester United

Técnico afirma que foi insultado pelos torcedores da Juventus

Publicado em 08/11/2018, às 08h43

"Ofensa é o que eles me disseram", retrucou Mourinho
Foto: Isabella BONOTTO / AFP
JC Online

A vitória do Manchester United sobre a Juventus por 2x1, conquistada dentro do próprio estádio da Juve e crucial para a briga por vaga nas oitavas da Champions League, foi motivo de alívio e comemoração e desabafo para os jogadores do time inglês. Mas nenhuma manifestação foi mais contundente que a do técnico português José Mourinho, que pôs a mão no ouvido, em direção à torcida adversária.

Durante a coletiva de imprensa concedida pós-jogo, Mourinho foi interpelado por uma jornalista a respeito do gesto. Após uma demonstração de domínio de diferentes idiomas, entre espanhol e inglês, o técnico retrucou em italiano. "Você sabe do que me chamaram durante os 94 minutos? E a falta de respeito é o meu gesto? Ofensa é o que eles me disseram. Isto (gesto da mão no ouvido) não é ofensivo. Significa 'falem mais, quero ouvir vocês agora.'"



"FAMÍLIA INSULTADA"

Apesar de não especificar os xingamentos, Mourinho revelou o teor ao refletir sobre o ato. "Provavelmente não o deveria ter feito, e de cabeça fria talvez não o teria feito. Mas com a minha família insultada, e até mesmo a minha família do Inter, reagi assim. Não os insultei", relembrou o técnico, campeão da Champions League pela Inter de Milão.

E negou qualquer direcionamento ao clube. "Respeito a Juventus, os jogadores da Juventus, o treinador da Juventus, e tudo que tenha a ver com a Juventus", completou.





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC 100 anos JC 100 anos
Para marcar os 100 anos de fundação, o JC publica este especial com um panorama do que se passou neste período em que o jornal retratou o mundo, com projeções de especialistas sobre o que vem por aí e com os bastidores da Redação do Jornal do Commercio
Sozinha nasce uma mãe Sozinha nasce uma mãe
Uma palavra se repete na vida dela: sozinha. Porque estava sozinha na gravidez. Sozinha na hora do parto. Sozinha nas primeiras noites de choro. Sozinha nos primeiros passos. Sozinha no registro civil. O JC conta histórias de luta das mães sozinhas
Segunda chance - Caminhos para ressocializar Segunda chance - Caminhos para ressocializar
Eles saem das prisões, mas as prisões não saem deles. Perseguem-nos até o final de suas vidas. Como uma condenação perpétua. Pena. Eles lamentam. Mas precisam seguir. E neste difícil caminho da ressocialização, o trabalho é uma espécie de absolvição.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM