Jornal do Commercio
Treinador

Tite vê racismo em algumas críticas a Fernandinho: 'Não vou me curvar'

Volante do Manchester City deverá ser chamado novamente

Publicado em 06/12/2018, às 17h15

Treinador ainda vem conversando com Neymar / Lucas Figueiredo/CBF
Treinador ainda vem conversando com Neymar
Lucas Figueiredo/CBF
JC Online

Em entrevista ao jornal O Globo, o técnico da seleção brasileira, Tite, falou novamente sobre a eliminação do Brasil na Copa do Brasil, perante a Bélgica. Segundo ele, algumas críticas feitas ao volante Fernandinho, do Manchester City, chegam ao ponto do racismo. O treinador apontou inclusive que o jogador deve voltar a figurar nas próximas convocações.

"Queria que o primeiro convocado pós-Copa fosse ele. Para mostrar que ninguém iria cortar cabeças. Não fiz para preservar sua imagem pública. Há um lado podre, racista, depreciativo, de que tenho vergonha: são as mídias sociais, onde atrás do anonimato atacam esposa, mãe, por ser negro. Não vou me curvar", disse o comandante.



Tite ainda pontuou que vem conversando com Neymar após o Mundial. O treinador acredita que o jogador se encontra na melhor forma e que a distância do auge durante a Copa o prejudicou. Ele recuperou a plenitude física e técnica. A velocidade de raciocínio e de execução dele são impressionantes. Em que percentual ele estava na Copa? Não sei, mas tinha feito cinco jogos. Mas posso falar uma coisa que ele disse pra mim: 'se eu estou bem na Copa do Mundo, eu decido o jogo com a Bélgica'", contou Tite.

O Brasil se prepara para a disputa da Copa América 2019, que será disputada em solo nacional. O principal objetivo é o título, até para amenizar a seca de títulos.



OFERTAS

Especiais JC

Conheça o udigrudi pernambucano Conheça o udigrudi pernambucano
O udigrudi pernambucano reuniu um grupo de talentosos jovens músicos que, na primeira metade dos anos 70, gravou discos absolutamente não comerciais, fez rock and roll na terra do frevo, produziu festivais, insistiram na permanência do sonho.
Mãe Guerreira Mãe Guerreira
Junto com uma criança, nasce sempre uma mãe, que enfrenta inúmeros desafios para educar, acolher e dar o melhor aos filhos. Por isso, todas elas carregam em si a força e a coragem de verdadeiras guerreiras.
JC 100 anos JC 100 anos
Para marcar os 100 anos de fundação, o JC publica este especial com um panorama do que se passou neste período em que o jornal retratou o mundo, com projeções de especialistas sobre o que vem por aí e com os bastidores da Redação do Jornal do Commercio

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM