Jornal do Commercio
BOLA VAI ROLAR

Contagem regressiva para início da Copa do Nordeste

Nordestão 2019, com transmissão da TV Jornal, tem tudo para ser a melhor edição da história

Publicado em 12/01/2019, às 12h05

Serão 16 times em busca da taça de campeão da Copa do Nordeste / JC Imagem
Serão 16 times em busca da taça de campeão da Copa do Nordeste
JC Imagem
Marcos Leandro
Twitter: @mleandrocunha

Na contagem regressiva para a sétima edição ininterrupta – a competição foi criada em 1994, voltando de 1997 a 2003 e em 2010 –, a Copa do Nordeste 2019 promete ser uma das mais emocionantes da história. E o melhor de tudo é que você poderá acompanhar todas as emoções na telinha da TV Jornal pelo segundo ano consecutivo. Aqui, a emoção joga em casa! Será assim também nas coberturas da Radio Jornal, Jornal do Commercio, JC Online e Blog do Torcedor. A bola rola na próxima terça-feira. O Náutico recebe o Fortaleza, do treinador Rogério Ceni, nos Aflitos. O Santa Cruz visita o Botafogo-PB no Almeidão. Já o Salgueiro encara o Confiança em Aracaju (SE) na quinta-feira. 

VEJA A TABELA DA COPA DO NORDESTE

A grande atração do Nordestão desse ano é o seu novo formato. Com 16 equipes divididas em dois grupos de oito cada, a fórmula vai propiciar mais clássicos na primeira fase. Isso porque os times de uma chave enfrentam os da outra, em jogos apenas de ida e com os quatro primeiros de cada grupo avançando às quartas de final. Desta forma, teremos grandes clássicos locais, como Santa Cruz x Náutico, Bahia x Vitória, Ceará x Fortaleza, CRB x CSA, Confiança x Sergipe e Moto Club x Sampaio Corrêa, este último o atual campeão. Também veremos embates regionais de muita rivalidade, como Santa Cruz x Bahia e Santa Cruz x Ceará, assim como Náutico x Vitória e Ceará e Vitória.

GUIA DA COPA DO NORDESTE NA RÁDIO JORNAL

“É uma competição que nasceu vitoriosa e vai caminhar vitoriosa. Hoje temos uma união muito grande com federações e a CBF. A Liga já sabe seu papel, que é agregar recursos para a competição. Fica mais fácil pois, na hora que congrega-se 16 marcas poderosas do Nordeste, isso facilita o diálogo com o mercado. Isso fomenta esta competição”, destacou Eduardo Rocha, presidente da Liga do Nordeste.



Para 2019, as cotas para os clubes foram divididas em quatro blocos para esta primeira fase. Santa Cruz, Bahia, Vitória e Ceará vão ganhar R$ 2 milhões. Náutico, ABC, CRB e Sampaio Corrêa vão receber R$ 1,5 milhão. No Grupo 3, o Salgueiro tem direito a R$ 1 milhão, assim como Botafogo-PB, Fortaleza e Sergipe. Já CSA, Moto Club, Altos e Sergipe contam com a cota de R$ 510 mil.
“Sem dúvida nenhuma, teremos uma edição de 2019 ainda melhor do que no ano passado e o futuro da Copa do Nordeste será brilhante”, disse o diretor de competições da CBF, Manoel Flores, no evento que ratificou o formato da edição atual da competição. A Copa do Nordeste está oficialmente no calendário da CBF até 2022, mas o vínculo deve ser ampliado por mais dez anos.

TÍTULOS

A Copa do Nordeste ganhou, no ano passado, mais um integrante no grupo dos campeões, o Sampaio Corrêa, que surpreendeu o Bahia e faturou a inédita taça em plena Fonte Nova. O maior campeão do Nordestão é o Vitória, com quatro títulos – o último foi em 2010. Bahia e Sport já ganharam a competição três vezes. Também venceram uma vez o América-RN, o Campinense, o Ceará, além do Santa Cruz.

Entre os participantes da edição 2019, Bahia, Ceará, Fortaleza e CSA estão na Série A do Brasileiro. Vitória e CRB na Série B. Náutico, Santa Cruz, Confiança, Botafogo-PB, ABC e Sampaio na Série C. Salgueiro, Sergipe, Moto Club e Altos na Série D.





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.
Conheça o udigrudi pernambucano Conheça o udigrudi pernambucano
O udigrudi pernambucano reuniu um grupo de talentosos jovens músicos que, na primeira metade dos anos 70, gravou discos absolutamente não comerciais, fez rock and roll na terra do frevo, produziu festivais, insistiram na permanência do sonho.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM