Jornal do Commercio
Clássico das Emoções

Foco dentro e fora do campo para clássico entre Náutico e Santa Cruz

Náutico e Santa Cruz se enfrentam neste sábado pela Copa do Nordeste no estádio dos Aflitos

Publicado em 08/02/2019, às 07h32

Primeiro clássico nos Aflitos desde a reinauguração / Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
Primeiro clássico nos Aflitos desde a reinauguração
Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
Davi Saboya e Fernando Castro
esportes@jc.com.br

O duelo entre Náutico e Santa Cruz, neste sábado, pela Copa do Nordeste, marcará o primeiro clássico nos Aflitos após a reinauguração do estádio, em dezembro do ano passado. Com promessa de grande público, será o primeiro jogo de grande porte no local após o duelo do Timbu contra o Fortaleza, na estreia do Regional. O jogo teve registro de violência das torcidas antes, durante e depois da partida.

Na tentativa de evitar novos tumultos, o Náutico solicitou torcida única para o Clássico das Emoções, mas a Federação Pernambucana de Futebol indeferiu o pedido. Já o Ministério Público alegou que não haveria tempo hábil para os trâmites burocráticos. Mesmo sem a mudança, todos esperam uma maior segurança durante a partida. A Polícia Militar só vai divulgar hoje o efetivo. A CTTU já anunciou que amanhã haverá a interdição das vias ao redor do Eládio de Barros Carvalho.

Fora as cenas de violência contra o Fortaleza, muitos torcedores do Náutico estão reclamando de longas filas para poder comprar seus ingressos em jogos nos Aflitos. Foi assim no jogo contra o Petrolina, pelo Campeonato Pernambucano, pela 2ª rodada, apesar do pequeno público de 3.554 pessoas. Diante do cenário, o presidente Edno Melo revelou melhorias no atendimento e fez um apelo aos torcedores para se programarem antes.

“A gente aumentou a quantidade de guichês e já não tivemos nenhum problema em relação ao último jogo (contra o Vitória). Mas a gente pede ao torcedor para que compre o ingresso antes, pela internet, para não deixar para última hora e poder evitar filas”, comentou o presidente alvirrubro.



Ao todo, 20 catracas estarão funcionando para atender os torcedores do Náutico, 10 na sede e 10 na Rua da Angustura. Já na Rua Manoel de Carvalho, onde é a entrada dos torcedores do Santa Cruz, serão quatro catracas. Edno Melo justificou as filas longas antes da partida contra o Petrolina, mesmo com o público pequeno. De acordo com o presidente alvirrubro, apesar de ter aumentado o número de guichês, caso a maioria dos torcedores comprem os ingressos faltando pouco tempo para a partida, não terá como evitar as filas.

“A gente observou que cerca de 30 minutos antes dos jogos começarem, as filas se tornam muito grande. Se for analisar o jogo contra o Petrolina, antes do jogo só tínhamos vendido 1.200 ingressos, então foram mais de 2.000 vendidos na hora. Então fazemos esse apelo ao torcedor para se programar, comprar de forma antecipada”, revelou Edno Melo.

COBRA CORAL

Pelo Santa Cruz, o presidente Constantino Júnior não acredita em problemas para a torcida dentro do estádio. Do lado de fora, ele se mostrou confiante na atuação dos órgãos de segurança do Estado. Quase dois mil ingressos foram disponibilizados para os corais. Os tricolores podem comprar os bilhetes até às 17h de amanhã no estádio do Arruda.

“A quantidade de ingressos foi a cumprida pela lei. Conheço a seriedade da direção do Náutico e não tenho dúvida que iremos ser recebidos muito bem. Tenho plena convicção que o torcedor pode ir tranquilo ao jogo”, comentou o mandatário coral.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Reencontros Reencontros
A menina que salvou os livros numa enchente, o garoto que venceu a raiva humana, o médico que superou a pobreza, os albinos de Olinda e o goleiro de uma só perna foram personagens do projeto Reencontros, publicado em todas as plataformas do SJCC
Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM