Jornal do Commercio
Notícia
Concentração

Neymar chega à Granja Comary e se junta à seleção brasileira

Ele foi liberado pelo Paris Saint-Germain e se integrou ao grupo comandado por Tite mais cedo

Publicado em 25/05/2019, às 14h40

Como de costume, o jogador chegou sem falar com a imprensa  / Foto: CBF
Como de costume, o jogador chegou sem falar com a imprensa
Foto: CBF
AFP

Com atraso e de helicóptero, o atacante Neymar chegou no início da tarde deste sábado (25) à concentração da seleção brasileira, na Granja Comary, em Teresópolis. Inicialmente com previsão de se apresentar apenas na próxima terça, ele foi liberado pelo Paris Saint-Germain e se integrou ao grupo comandado por Tite mais cedo. A comissão técnica aguardava o jogador às 11h30, mas ele pousou no CT da seleção às 12h10.

Como de costume, o jogador chegou sem falar com a imprensa - o helicóptero pousou numa área distante de onde estavam os repórteres. Mas a conversa mais aguardada será com Tite, que no dia do anúncio de convocados prometeu falar com Neymar sobre a agressão do atacante a um torcedor francês e sobre as críticas públicas a colegas de equipe, feitas após derrota do PSG na final da Copa da França.

Não foi informado se Neymar irá participar do treino com bola previsto para as 16h deste sábado. A atividade será a penúltima antes da folga geral que os nove jogadores convocados que já estão na Granja receberão a partir do meio-dia de domingo. Antes, eles treinarão pela manhã, voltando aos trabalhos apenas na terça-feira.



Parceria

A chegada antecipada de Neymar agradou colegas de equipe que estão em Teresópolis desde quarta-feira. "É muito bom. Quando eu cheguei à seleção ele foi um cara que me acolheu muito bem. Vai nos ajudar bastante", disse o atacante Richarlison. "Ajuda bastante na alegria, é um cara que brinca bastante com a gente. O Neymar sabe das suas responsabilidades, mas também têm suas horas de descontração", completou.

O goleiro Ederson também vibrou com a chegada do atleta do PSG. "O Neymar é nosso melhor jogador na seleção. É sempre bom estar com ele na seleção, e espero que possa nos ajudar muito nessa Copa América", afirmou. "É claro que é um jogador que tem uma bagagem muito grande na seleção, e traz uma alegria pra gente".


Palavras-chave




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.
Conheça o udigrudi pernambucano Conheça o udigrudi pernambucano
O udigrudi pernambucano reuniu um grupo de talentosos jovens músicos que, na primeira metade dos anos 70, gravou discos absolutamente não comerciais, fez rock and roll na terra do frevo, produziu festivais, insistiram na permanência do sonho.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM