Jornal do Commercio
Notícia
regional

Lá e lô: Fortaleza vence Copa do Nordeste

Leão do Pici passa a integrar o hall dos vencedores do Nordestão

Publicado em 29/05/2019, às 21h58

Fortaleza venceu na ida e na volta. / Foto: MARLON COSTA/ESTADÃO CONTEÚDO
Fortaleza venceu na ida e na volta.
Foto: MARLON COSTA/ESTADÃO CONTEÚDO
Karoline Albuquerque
Do Blog do Torcedor

O Nordeste tem um novo campeão! O Fortaleza é o nono campeão regional e se junta a Vitória, Bahia, Sport, América-RN, Campinense, Ceará, Sampaio Corrêa e Santa Cruz no hall de vencedores. Com um lá e lô, o Leão do Pici ganhou do Botafogo-PB e leva a orelhuda para casa. Na noite desta quarta-feira (29), dentro do estádio Almeidão, em João Pessoa, a equipe venceu por 1x0, somado ao mesmo placar dentro da Arena Castelão. Wellington Paulista, mais uma vez, marcou.

Durante a transmissão da partida pela TV Jornal, a hashtag #CopadoNordesteNoSBT figurou nos trend topics, tópicos mais comentados, do Twitter no Brasil e liderou a lista no Recife. Com bastante interação, os telespectadores puderam não só assistir, mas também participar desta grande decisão.

Além da premiação de R$ 1 milhão para o campeão, o Fortaleza vai direto para as oitavas de final da Copa do Brasil 2020.

O JOGO

A decisão começou com um gol instantâneo. Em três minutos o Fortaleza abriu o placar fora de casa e ampliou sua vantagem no agregado. O tricolor chegou com Romarinho tentando cruzar na área. A bola bateu na marcação e Felipe Alves chegou para tentar afastar, mas não conseguiu desarmar e em seguida Lula falhou. Wellington Paulista, livre perto da pequena área, mandou para o gol.

Passaram-se mais três minutos o Belo teve sua primeira oportunidade de diminuir a desvantagem no agregado. Após cobrança de escanteio, a bola sobrou para Marcos Vinícius, sozinho na direita. O jogador não alcançou bem e a bola ficou com o goleiro Boeck. A outra chance clara foi aos 29. Agora, Marcos Vinícius cruzou e Lula cabeceou para fora. O terceiro desperdício do Botafogo-PB no primeiro tempo foi aos 32 minutos. Marcos Aurélio finalizou firme e Boeck fez uma boa defesa, espalmando.



Logo na volta do intervalo, com poucos segundos no relógio, o mandante teve outra boa chegada na área. Lula cabeceou, Boeck defendeu e Marcos Vinícius tentou no rebote, com o goleiro mais uma vez salvando. Porém, o segundo jogador alvinegro a finalizar estava em posição irregular. Depois, aos 9, o cabeceio de Fábio Alves passou rente à trave esquerda.

O Belo apresentava mais chegadas ao campo adversário. Porém, a eficiência não estava junto ao time paraibano. Aos 25, Enercino tentou voleio. A bola sobrou para Dico, que chutou firme e Marcelo Boeck fez outra grande defesa. Assim, sobrou para o Leão do Pici ampliar, aos 29. Mas, em baixo do gol, Marcinho chutou por cima.

E mesmo com algumas chances lá e cá, sem efetividade por nenhum dos dois, o jogo acabou com o placar de 1x0, aberto ainda no comecinho do primeiro tempo. Com o agregado de 2x0, o Fortaleza leva a orelhuda.

FICHA DA PARTIDA - BOTAFOGO-PB 0x1 FORTALEZA

Botafogo-PB: Saulo; Israel, Fábio Alves, Lula e Fábio Alves; Wellington César, Rogério (Dico), Marcos Vinícius e Marcos Aurélio (Enercino); Clayton e Nando. Técnico: Evaristo Piza

Fortaleza: Boeck; Tinga, Quintero, Roger e Carlinhos; Felipe e Araruna; Romarinho (Marlon), Osvaldo (Marcinho), Wellington Paulista (Dodô) e Júnior Santos. Técnico: Rogério Ceni

Copa do Nordeste 2019 (final - volta) Local: estádio Almeidão, em João Pessoa (PB). Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN) Auxiliares: Jean Márcio dos Santos e Vinícius Melo de Lima (ambos do Rio Grande do Norte) Gol: Wellingon Paulista, aos 3' do 1T (F) Cartões amarelos: Rogério, Marcos Aurélio, Enercino, Saulo, Israel e Marcos Vinícius (B); Araruna, Carlinhos e Júnior Santos (F)




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM