Jornal do Commercio
Notícia
copa do mundo

A quatro dias da estreia do Brasil, Marta volta ao campo

Além da atacante, a zagueira Érika e a meia Luana iniciaram o trabalho de transição

Publicado em 04/06/2019, às 17h55

Marta sofreu lesão na coxa há onze dias. / Foto: Divulgação/CBF
Marta sofreu lesão na coxa há onze dias.
Foto: Divulgação/CBF
Karoline Albuquerque
Do Blog do Torcedor

Na véspera da viagem da seleção para a França, sede da Copa do Mundo 2019, a atacante Marta voltou aos gramados. Ainda não foi o treino com toda a equipe, mas a jogadora iniciou o processo transição nesta terça-feira (4). Há 11 dias, a atleta eleita por seis vezes melhor do mundo sofreu uma lesão de grau 1/2 no músculo bíceps femoral da coxa esquerda.

Marta trabalhou com o departamento médico e a preparação física. Na segunda-feira (3), a atacante passou por um exame de imagem que deixou o DM otimista com a cicatrização, mostrando um resultado considerado bom.

Além dela, a zagueira Érika e a meia Luana também fazem a transição. A defensora sofreu uma entorse no tornozelo esquerdo, enquanto a meio-campista sentiu dor no músculo reto femoral.



A seleção brasileira fez seu último treino no centro de treinamento do Portimonense, em Portimão, Portugal. Após o aquecimento com troca de passes, o coletivo com o grupo foi realizado em campo reduzido.

A Copa do Mundo Feminina começa no dia 7 de junho. O Brasil estreis no domingo (9), diante da Jamaica. Às 10h30 (horário de Brasília, as equipes entram no gramado do Stade des Alpes, em Grenoble. Depois, a delegação segue para Montpellier, onde enfrenta a Austrália. Para fechar a fase de grupos contra a Itália, as brasileiras jogam em Valenciennes.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM