Jornal do Commercio
Notícia
feminino

3 motivos para ficar ligado na Copa do Mundo de futebol feminino

A Copa do Mundo de futebol femino começa nesta sexta-feira e a seleção brasileira estreia no próximo domingo contra a Jamaica, às 10h30

Publicado em 07/06/2019, às 09h40

Marta é uma das atrações da Copa do Mundo / AFP
Marta é uma das atrações da Copa do Mundo
AFP
JC Online

Um dos maiores eventos esportivos do cenário internacional começa nesta sexta-feira, na França. Trata-se da Copa do Mundo de futebol feminino, que em 2019 chega para reforçar a presença das mulheres em um dos esportes mais populares do mundo. Como não poderia ser diferente, a seleção brasileira chega forte para brigar entre as primeiras colocadas. E conta ainda com a presença de Marta, a melhor jogadora do mundo. Confira três motivos para não perder os jogos a competição, não perder os jogos da seleção e prestigiar as meninas da Canarinho.

FORÇA FEMININA

Guaraná Antarctica é a patrocinada oficial da seleção feminina e fez um comercial criticando a falta de investimento nas meninas durante a campanha para a Copa do Mundo. A marca chamou a atenção para a presença das mulheres no esporte, mostrando que as jogadoras tem o mesmo potencial que os homens quando o assunto é comercial. O alerta conseguiu chamar a atenção de outras marcas, que fizeram suas próprias campanhas para o Mundial.

EMOÇÃO - A Copa do Mundo feminina repete o mesmo modelo da competição masculina, com 24 seleções que, a princípio, disputam a fase de grupos para logo depois travarem duelos mata-matas. Não faltará emoção e torcida para as meninas.



MARTA E TÍTULO INÉDITO - A seleção brasileira ainda não conquistou o título mundial, mas conta a melhor jogadora de todos os tempos para ajudar na campanha na França. Além de torcer para o Brasil, há a oportunidade de observar o talento de Marta, que é atualmente a melhor jogadora do mundo com seis troféus da Fifa, feito que supera os craques Cristiano Ronaldo e Lionel Messi. A brasileira soma 15 gols em quatro edições de Mundiais, em 2003, 2007, 2011 e 2015. A seleção chegou à final em 2007, mas acabou perdendo para a Alemanha por 2x0.

RECORDE DE VENDAS - O futebol feminino vem ganhando espaço entre os eventos esportivos. Esta é a edição de número oito, sediada pela França, e conta com número recorde de ingressos vendidos até abril, com 720 mil bilhetes comercializados. Ainda é muito pouco, mas é um bom começo. A seleção dos Estados Unidos é a atual campeão e maior vencedora de Mundiais com três taças. A equipe norte-americana está na lista das seleções que mais recebem investimentos, portanto, chega como favorita ao lado da Alemanha.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.
Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM