Jornal do Commercio
França

Marta reclama de arbitragem e comenta substituição contra Austrália

Camisa 10 do Brasil estreou na Copa do Mundo de Futebol Feminino na derrota da canarinho por 3x2

Publicado em 13/06/2019, às 17h15

Marta afirmou que substituição no segundo tempo já estava programada para o segundo tempo / Fifa/Reprodução
Marta afirmou que substituição no segundo tempo já estava programada para o segundo tempo
Fifa/Reprodução
JC Online

Autora do primeiro gol do Brasil na derrota por 3x2 para a Austrália nesta quinta-feira (13), pela segunda rodada do Grupo C da Copa do Mundo de Futebol Feminino, a atacante Marta chamou atenção para a arbitragem da partida. No final do segundo tempo, não foi assinalado o pênalti sofrido por Andressa. O outro gol brasileiro no duelo realizado em Montpellier foi de Cristiane.

"Poderíamos ter saído no mínimo com o empate se a árbitra tivesse marcado o pênalti claríssimo na Andressa. Mas são coisas que acontecem e a gente não pode lamentar, porque faz parte do jogo. Agora é pensar na Itália e buscar uma vitória para garantir a classificação", disse a camisa 10, em entrevista ao SporTV.

Mesmo fazendo boa partida no primeiro tempo, Marta foi substituída no intervalo para a entrada de Ludmila. A alteração de Vadão causou estranheza na torcida brasileira. Também comprometeu nitidamente o rendimento da equipe, que ficou perdido em campo, com a saída também de Formiga, pendurada pelo critério de cartões amarelos. Mas, segundo Marta, isso já estava dentro do planejamento.



"Já estava previsto, porque por mais que eu não estivesse sentido nada, já vinha há bastante dias sem treinar com tanta intensidade. Teve até gente insinuando que eu vim para seleção já machucada, mas não foi isso que aconteceu. E isso não aconteceria, porque eu seria a primeira a pedir para ir embora. Alguns colocaram em dúvida até o trabalho que eu faço com o meu clube, e é um absurdo", desabafou.

EM ABERTO

A situação para o próximo jogo ainda é incerta, mas Marta diz que vai trabalhar para entrar como titular. A equipe enfrenta a Itália, na terça-feira (18), às 16h. O Brasil segue como líder do Grupo C, ao menos até o duelo das italianas contra a Jamaica, pela segunda rodada do Grupo C, nesta sexta-feira (14). Tanto o Brasil, quanto a Itália somam três pontos na competição, sendo que as brasileiras têm um duelo a mais.

Já as australianas aparecem em terceiro, por terem obtidos seus primeiros pontos com o triunfo desta quinta-feira (13), de virada, sobre a equipe canarinho.

 





Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.
Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM