Jornal do Commercio
COPA AMÉRICA

Brasil quer vencer a Venezuela e esquentar relação com a torcida

O Brasil enfrenta o adversário, às 21h30, na Arena Fonte Nova, em Salvador

Publicado em 18/06/2019, às 07h02

Daniel Alves quer comandar a vitória do Brasil na Bahia / Lucas Figueiredo / CBF
Daniel Alves quer comandar a vitória do Brasil na Bahia
Lucas Figueiredo / CBF
Da Redação, com agências

É aqui, no calor do Nordeste, que a seleção brasileira quer aquecer a sua ultimamente morna relação com a torcida e dar a ela mais do que uma vitória. A busca é por uma incendiante festa de classificação para aumentar a temperatura (e o moral) da equipe do técnico Tite. O termômetro pode ser modificado a partir das 21h30 desta terça (18), quando o Brasil enfrenta a Venezuela, na Arena Fonte Nova, em Salvador, pela segunda rodada do Grupo A da Copa América.

O Brasil bateu a Bolívia por 3x0 no Morumbi, na sexta-feira (14), em um ambiente frio. As vaias ao fim do primeiro tempo conviveram com momentos de silêncio e de pouca participação da torcida. O capitão e lateral-direito Daniel Alves disse ter estranhado em alguns instantes a postura do público e conta com maior apoio dos seus conterrâneos - ele é baiano de Juazeiro.

"Na Bahia o axé é diferente. As pessoas sentem falta da seleção brasileira, dessa energia que a seleção leva por onde passa. Certeza que será mais animado. Se o Tite gritasse em alguns momentos, seria possível escutar no campo”, disse o jogador. As duas visitas da seleção brasileira à nova Fonte Nova tiveram vitórias convincentes: 4x2 na Itália, pela Copa das Confederações de 2013, e 3x0 no Peru, em 2015, pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo da Rússia.

A única parada da seleção brasileira no Nordeste durante a Copa América marca o retorno da equipe à região do Brasil mais procurada em momentos de crise. O técnico Tite disse confiar no apoio do público. “Nós estamos preparados para isso não acontecer. A Bahia tem uma história bonita sobre apoio”, comentou o técnico da seleção. Apesar do ambiente estar morno com a torcida, a equipe vive situação confortável no grupo e vai até mesmo selar a classificação para as quartas de final em caso de vitória sobre a Venezuela.



REFORÇO

O amplo favoritismo do Brasil aumenta com a confirmação de um reforço. O meia Arthur perdeu a estreia por estar com dores no joelho direito, mas agora está recuperado e será a única novidade na escalação.

O jogador entra no lugar de Fernandinho. O objetivo de Tite é dar ao time mais dinâmica e velocidade na saída para o ataque, atributos necessários para superar a marcação da Venezuela. Os dois zagueiros da equipe adversária, Villanueva e Chancellor, são altos e têm, respectivamente, 1,90m e 1,98m, porém são lentos na marcação e no posicionamento.

O treinador não quis confirmar a escalação. Tite adiantou ter cobrado do time uma atuação melhor em comparação à exibida na estreia, principalmente no primeiro tempo, quando a torcida no Morumbi vaiou. “Precisamos fazer dos 20 aos 45 minutos do primeiro tempo um jogo melhor. Ali foi um período sem ser nossa verdadeira equipe, em propor o jogo, sem finalizar. Estivemos abaixo da condição normal”, disse.





Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.
Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM