Jornal do Commercio
Notícia
DELEGACIA

Modelo que acusa Neymar de estupro depõe pela segunda vez em São Paulo

O depoimento ocorre depois da Justiça ter expedido um mandado de busca e apreensão do telefone celular da modelo

Publicado em 18/06/2019, às 16h05

O jogador nega o estupro / Foto: Reprodução/SBT
O jogador nega o estupro
Foto: Reprodução/SBT
Estadão Conteúdo

A modelo Najila Trindade, que acusa Neymar de estupro e agressão, depõe nesta terça-feira (18) na 6ª Delegacia de Defesa da Mulher, em Santo Amaro, na zona sul de São Paulo. Najila chegou por volta das 11h40 acompanhada de seu novo advogado, Cosme Araújo. O jogador nega o estupro.

Celular

O depoimento ocorre depois da Justiça ter expedido um mandado de busca e apreensão do telefone celular da modelo. A modelo havia prometido entregá-lo até 11 de junho, na semana passada, mas não o fez. Ainda não há a confirmação de que Najila levou o aparelho nesta terça-feira.

De acordo com a polícia, o celular pode conter as gravações completas do segundo encontro com Neymar, com sete minutos de duração. No começo do mês, foi divulgado um vídeo de 66 segundos que mostra Najila dando tapas no atleta em um quarto de hotel.



Quarto advogado

Este é o segundo depoimento da modelo no caso, mas a primeira vez que Cosme Araújo comparece à delegacia. Ele é o quarto advogado de Najila no caso. Ela já foi representada por José Edgard Bueno, Yasmin Abdalla e Danilo Garcia Andrade. Araújo terá acesso ao inquérito e às investigações.

Depois que sair da delegacia da mulher, Najila irá depor na delegacia que fica ao lado, no inquérito que apura o suposto arrombamento do imóvel onde estaria o tablet com a gravação do encontro com Neymar.





Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.
Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM