Jornal do Commercio
Notícia
copa américa

Brasil mantém rotina e pela 5ª vez sofre na 1ª fase da Copa América

A seleção brasileira ficou no empate por 0x0 com a Venezuela e adiou a classificação para a próxima fase da Copa América para o terceiro e último jogo da fase de grupos, no próximo sábado

Publicado em 19/06/2019, às 08h53

Tite disse que entende a insatisfação dos brasileiros / Lucas Figueiredo/CBF
Tite disse que entende a insatisfação dos brasileiros
Lucas Figueiredo/CBF
JC Online

Jogar a Copa América em casa não oferece ao Brasil a condição de estabilidade. Pelo contrário. O empate por 0x0 com a Venezuela nesta terça-feira, em Salvador, adiou a chance de a seleção se classificar de forma antecipada para a próxima fase da competição. O resultado renovou também o incômodo histórico de sofrer na busca para avançar ao mata-mata do torneio.

O Brasil tem agora quatro pontos ganhos, lidera o Grupo A e depende apenas de si para passar de fase. O próximo jogo será no sábado, contra o Peru, na Arena Corinthians. Por um lado, um empate basta para garantir presença nas quartas de final. Por outro, o nível ruim das atuações e o risco existente de um vexame na fase de grupos deixam o clima na seleção brasileira bastante pesado. "Temos de compreender o torcedor e as vaias. Ele quer que nosso jogo se traduza em gol. É compreensível a insatisfação com a equipe", resumiu o técnico Tite.



ESTREIA NA AMÉRICA

Em sua primeira Copa América no comando da seleção brasileira, o treinador convive com o drama da insatisfação da torcida e com a realidade de repetir campanhas irregulares do Brasil nesta primeira fase, a exemplo de edições anteriores.

Nas quatro últimas Copas América, o Brasil sofreu para passar da fase de grupos e, assim como em 2019, precisou conquistar o resultado na rodada final para confirmar a classificação. Inclusive na última edição, em 2016, a equipe viveu um cenário parecido: enfrentava o Peru em busca apenas um empate, mas perdeu por 1x0 e acabou eliminado ainda na fase inicial da competição.

Palavras-chave




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM