Jornal do Commercio
Notícia
Campeonato Brasileiro

'Nem nos melhores sonhos tinha previsto isso', diz Daniel Alves após vitória na estreia

Jogador foi o autor do gol da vitória por 1x0 do São Paulo sobre o Ceará, no Morumbi

Publicado em 18/08/2019, às 22h17

"Estou muito feliz, não pela estreia só, mas pela dedicação", disse o camisa 10 do São Paulo
NELSON ALMEIDA / AFP
Estadão Conteúdo

Daniel Alves estreou pelo São Paulo na tarde deste domingo (18) e marcou o gol da vitória por 1x0 sobre o Ceará, no Morumbi, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. Aos 36 anos, ele comemorou a atuação da equipe no seu primeiro jogo com a camisa tricolor.

"Sentimento de satisfação. Quando eu cheguei falei que tava realizando um sonho, e nem nos melhores sonhos tinha previsto isso, o que vivi hoje. Estou muito feliz, não pela estreia só, mas pela dedicação. A equipe soube sofrer e conseguiu o resultado", afirmou.

Daniel Alves atuou no meio de campo do São Paulo e marcou aos 39 minutos, quando recebeu uma bola ajeitada por Raniel. Ele assinou contrato até o fim de 2022 com o São Paulo e exaltou o clube.

"Acredito que vim para o melhor time, que tem mais organização, cuida da base, tem atletas jovens promissores, e acredito que esse time tem muito a crescer, devagar, construir solidez no trabalho. Falamos durante a semana que precisa ser sólido, que não tem vergonha de dar passo atrás para fortalecer. Esse é o espírito, o objetivo de conseguir vitórias", disse.

Com a vitória, o São Paulo chega a 27 pontos, cinco a menos do que o líder Santos. A equipe tricolor é a quinta colocada e tem um jogo a menos, que será realizado nesta quarta-feira, contra o Athletico-PR, na Arena da Baixada.

O jogo

Com a vitória, o São Paulo diminuiu para cinco pontos a diferença para o líder Santos. Quinto colocado, o time ainda tem um jogo a menos, que será disputado nesta quarta-feira, contra o Athletico-PR, na Arena da Baixada.

Camisa 10, Daniel Alves atuou no meio de campo. Finalizou com perigo logo no primeiro lance do jogo e marcou aos 39 minutos do primeiro tempo, após passe de Juanfran e ajeitada de Raniel. Depois, ele assustou em cobrança de falta e também deu um belo chapéu em Fabinho.



Daniel Alves não jogava desde o dia 7 de julho, quando a seleção brasileira venceu o Peru e conquistou a Copa América. E ele permaneceu em campo os 90 minutos contra o Ceará. Juanfran não atuava desde o dia 18 de julho, pelo Atlético de Madrid, e também não foi substituído. Os reforços trabalharam por 11 dias no CT da Barra Funda antes da estreia.

O técnico Cuca surpreendeu na formação do São Paulo ao sacar Luan e colocar Liziero como titular. Tchê Tchê atuou recuado, como primeiro volante, enquanto Liezero e Daniel Alves tinham liberdade para criar pelo meio. A equipe formava um 4-1-4-1, com Everton e Antony abertos pelos lados e Raniel centralizado. Alexandre Pato, que sofreu uma pancada na coxa, foi desfalque.

O Ceará, por sua vez, até levou perigo, mas parou na boa atuação de Tiago Volpi. O goleiro fez ao menos três defesas difíceis e salvou o São Paulo. Não à toa, teve o nome bastante cantado pelos torcedores após espalmar chute no ângulo de Samuel Xavier.

A equipe alvinegra ainda reclamou de possível pênalti cometido por Tiago Volpi em Felippe Cardoso. O goleiro chegou a tocar o centroavante dentro da área, mas o juiz interpretou a disputa como lance normal.

A vitória fez o São Paulo igualar uma marca que não acontecia havia um ano: quatro triunfos consecutivos. Além disso, a equipe aumentou a invencibilidade para oito partidas. Já o Ceará, que vinha de duas vitórias, estacionou nos 20 pontos e caiu para a 11ª colocação.

Ficha técnica

SÃO PAULO 1 x 0 CEARÁ

SÃO PAULO: Tiago Volpi, Juanfran, Bruno Alves, Anderson Martins e Reinaldo; Liziero (Luan), Tchê Tchê e Daniel Alves; Antony (Vitor Bueno), Everton (Helinho) e Raniel. Técnico: Cuca.

CEARÁ: Diogo Silva, Samuel Xavier, Valdo, Luiz Otávio (Tiago Alves) e João Lucas; Fabinho, Ricardinho, Thiago Galhardo e Lima (Wescley); Leandro Carvalho (Mateus Gonçalves) e Felippe Cardoso Técnico: Enderson Moreira.

GOL - Daniel Alves, aos 39 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS - Lima, Samuel Xavier (Ceará); Everton, Bruno Alves, Luan (São Paulo)

ÁRBITRO - Gilberto Rodrigues Castro Junior (PE).

PÚBLICO - 47.705 pagantes.

RENDA - R$ 3.353.610,00.

LOCAL - Estádio do Morumbi, em São Paulo.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.
Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM