Jornal do Commercio
Decisões

Última rodada do Grupo B da Série C acontece neste domingo

Náutico irá descobrir que será o adversário nas quartas de final da Série C

Publicado em 25/08/2019, às 08h32

Paysandu recebe o Remo no Mangueirão / Foto: Divulgação
Paysandu recebe o Remo no Mangueirão
Foto: Divulgação
Filipe Farias
esportes@jc.com.br

A última rodada do Grupo B da Série C do Campeonato Brasileiro também será empolgante. Com apenas o Juventude já classificado para as quartas de final, cinco clubes (Paysandu, Remo, Ypiranga-RS, Volta Redonda e São José-RS) brigam pelas três vagas restantes. E, para aumentar ainda mais a dramaticidade, essas seis equipes se enfrentam deste domingo, como todos os jogos no mesmo horário: 18h.

No estádio Mangueirão, o clássico paraense entre Paysandu (2º, com 27 pontos) x Remo (3º, com 26). No estádio Alfredo Jaconi, o Juventude (1º, com 28) recebe o Ypiranga (4º, com 25). E, por fim, o São José (6º, com 25) encara o Volta Redonda (5º, com 25), no estádio Passo D'Areia. Os quatro primeiros colocados vão enfrentar os quatro classificados do Grupo A, já valendo o acesso para a Segunda Divisão em 2020.

Para conhecer um pouco mais dos times, o repórter João Victor Amorim, da Rádio Jornal, conversou com alguns setoristas dos clubes que estão no Grupo B da Terceirona, que esclareceram as características das equipes que fazem a cobertura no dia a dia.

“Dentre as principais características do Juventude, uma delas está na sua força como mandante. Ainda está invicto na Série C jogando no Alfredo Jaconi. O time de Marquinhos Santos apresenta um bom futebol em casa. Outra característica forte é a defesa. O Juventude tem uma das defesas menos vazadas (tomou 13 gols)”, disse Eduardo Costa, da Rádio Caxias.

O adversário do Juventude hoje será o Ypiranga-RS. “O técnico Fabiano Daitx vem adotando o 4-4-2. Fora de casa tem um bom aproveitamento, jogando por uma bola. Mas em casa não tem correspondido e tem baixo índice. O Ypiranga não investiu muito, a folha não chega a R$ 200 mil”, declarou Edilon Flores, da Rádio Difusão de Erechim-RS.



Fora do G-4 no momento, Volta Redonda e São José-RS também fazem um confronto direto. “A equipe do Volta Redonda joga com o esquema 4-4-2, com dois homens na frente. João Carlos que é mais experiente, com um pelo lado direito. Mas algumas vezes esse esquema acabou não dando certo por conta das inúmeras lesões. Isso prejudicou o treinador (Toninho Andrade) para montar as estratégias em alguns jogos e acabou perdendo pontos preciosos”, explicou Ilder Alves, da Rádio Sul Fluminense de Volta Redonda.

“Ao meu ver, o São José foi durante um tempo o time mais organizado e com mais recursos táticos, mesmo não tendo muitos recursos técnicos. Rafael Jacques tem o DNA do clube, conhece bem o São José e o elenco compra suas ideias e executa com precisão. É um time difícil de ser batido, com nomes como Rafael Carrilho (meia), bom armador, o goleiro Fábio, extremos de velocidade como Matheusinho e Cláudio Maradona”, disse Gustavo Fogaça, do canal de streaming Dazn.

RE-PA

Times mais tradicionais da Região Norte, Paysandu e Remo vão fazer um clássico de arrepiar. “O Paysandu vem bem na classificação, na segunda posição. A contratação do meia Tomás Bastos, ex-Botafogo, foi importante e ele vem fazendo um papel bacana, com cinco gols em quatro jogos. É a sensação do Paysandu. O técnico Hélio dos Anjos vem jogando num esquema no 4-3-3 variando com o 4-1-4-1”, afirmou Dinho Menezes, da Rádio Clube do Pará.

“O Remo foi bem no primeiro turno e conquistou 15 pontos. No segundo turno acabou tropeçando bastante, inclusive, jogando dentro de casa, e só conquistou 11 pontos. Por isso, o Remo está nessa situação de jogar com Paysandu e ter de vencer para não depender de nenhum outro resultado. Com relação ao esquema tático, o time de Márcio Fernandes joga no 4-3-3 com variação para o 4-4-2. Jogadores importantes nessa campanha do Remo são o goleiro Vinícius, o centroavante Neto Baiano, o meia Eduardo Ramos e Yuri, além do volante Ramires”, ressaltou Paulo Caxiado, da Rádio Clube do Pará.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.
Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM