Jornal do Commercio
AMISTOSO

Alvirrubros, tricolores e rubro-negros se unem para jogo da seleção olímpica

Na arquibancada dos Aflitos, torcedores dos três times acompanharam juntos a partida da seleção Sub-23 contra a Venezuela

Publicado em 10/10/2019, às 23h43

O público da partida foi de 6.391 pessoas / Foto: Davi Saboya/JC
O público da partida foi de 6.391 pessoas
Foto: Davi Saboya/JC
JC Online

O amistoso entre a seleção olímpica brasileira e a Venezuela, no Estádio Eládio de Barros Carvalho, nos Aflitos, Zona Norte do Recife, nesta quinta-feira (10), reuniu torcedores do Trio de Ferro do Estado entre o público de 6.391 pessoas.

O estudante Mário Guimarães foi aos Aflitos com a camisa do Sport. "Eu não ia vir porque a rivalidade é grande entre Sport e Náutico, mas estamos aqui", disse.

Davi Saboya/JC
Davi Saboya/JC

No intervalo da partida, os torcedores do Náutico comemoraram quando o time e a comissão técnica entraram em campo com a taça da Série C.



Davi Saboya/JC

Os irmãos Christian, 26 anos, e Cristiano Costa, 24, paraenses morando no Recife e torcedores do Flamengo e São Raimundo, respectivamente, consideraram a experiência um privilégio. "É realmente muito bom ver esses meninos que estão em formação e já têm uma grande responsabilidade, que é vestir a amarelinha. Eles estão seguindo um sonho. É um privilégio total", disse o mais velho.

Davi Saboya/JC

Seleção olímpica joga bem e goleia a Venezuela

Em preparação para o Torneio Pré-olímpico que acontece em janeiro, na Colômbia, e que vai definir os representantes da América do Sul nos Jogos Olímpicos de Tóquio, no ano que vem, a seleção brasileira olímpica venceu a Venezuela por 4x1, nesta quinta-feira (10), em amistoso realizado nos Aflitos.


Galeria de imagens

Legenda
Anteriores
Próximas




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM