Jornal do Commercio
Notícia
COPA PERNAMBUCO

Com portões fechados para torcida, atletas do Retrô prestigiam final da Copa Pernambuco

Tiago Costa, novo contratado do Retrô PE, acompanhou a final entre Santa Cruz x Náutico

Publicado em 06/12/2019, às 18h12

Final da Copa Pernambuco foi de portões fechados para os torcedores / Foto: Léo Lemos/ Náutico
Final da Copa Pernambuco foi de portões fechados para os torcedores
Foto: Léo Lemos/ Náutico
Klisman Gama

Em uma final de competição, espera-se a presença da torcida. Mesmo sendo um torneio com menos pompa, como a Copa Pernambuco, um Clássico das Emoções tem poder de atrair o torcedor. Porém, com portões fechados no Centro de Treinamento do Retrô, Santa Cruz e Náutico se enfrentaram apenas aos olhares de dirigentes, comissão técnica, jornalistas, convidados e atletas do time anfitrião.

Vários jovens das categorias de base do time de Camaragibe estiveram conferindo o clássico, seja antes ou depois do treino. Quem também prestigiou o clássico foi o lateral-esquerdo Tiago Costa, que vestiu a camisa dos dois clubes finalistas. O atleta foi recém contratado pelo Retrô para a disputa do Campeonato Pernambucano.

Não importava se era jogo de categorias de base, com o Sub-23 coral e o Sub-20 alvirrubro. Cada dividida ganha era comemorada, reclamações por falta e provocações foram bastante presentes. Ora com um clima animado do lado de fora, ora mais nervoso dentro de campo.



Destaca-se também a "resenha" entre o presidente do Santa Cruz, Constantino Júnior, e o vice-presidente de futebol do Náutico, Diógenes Braga. Durante o intervalo, eles se cumprimentaram e comentaram sobre o duelo. Entre uma brincadeira e outra, o momento de seriedade tomou conta para a segunda etapa.

PELO NÁUTICO

Do lado do Náutico, o técnico Gilmar Dal Pozzo, o executivo de futebol Ítalo Pontes e Diógenes Braga comentavam sobre o desempenho dos pratas da casa. O mesmo do lado coral, onde Constantino Júnior, o executivo Nei Pandolfo e o coordenador técnico Thiago Duarte avaliavam as crias da Cobra Coral.

Com a virada, a vibração tricolor foi grande. E a empolgação passou para o campo, onde os jogadores seguraram o resultado e conquistaram o título. Vibração por parte dos jogadores, que fecharam bem a participação na Copa Pernambuco com o título e passaram pelos testes em busca de uma vaga na equipe profissional em 2020. Do lado do Náutico, bons valores apareceram da mesma forma. Mesmo saindo com a derrota, a geração que se apresenta deve render frutos para a equipe em pouco tempo.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM
'; status++; } } else { status = 0; document.getElementById("aovivo").style.display = "none"; } setTimeout(function() { aovivo(); }, 180000); })();