Jornal do Commercio
Notícia
série a

Jorge Sampaoli pede demissão do Santos e pode ir para o Palmeiras

Após uma temporada no Santos, Sampaoli deve anunciar novo contrato com o Palmeiras. O Peixe comunicou o desligamento nas redes sociais

Publicado em 11/12/2019, às 08h40

Sampaoli queria reforçar o time para 2020, mas a diretoria já havia comunicado que não haverá maiores investimentos  / Divulgação
Sampaoli queria reforçar o time para 2020, mas a diretoria já havia comunicado que não haverá maiores investimentos
Divulgação
JC Online

O técnico Jorge Sampaoli pediu demissão e não comandará o Santos na próxima temporada. O argentino tinha contrato com o clube da Baixada Santista até o final de 2020. O Palmeiras tem Sampaoli como primeira opção e já iniciou negociações com o treinador. O Racing, da Argentina, também tem interesse em contratá-lo.

"O Santos FC comunica que, na data de 09/12/2019, em reunião realizada pela manhã no CT Rei Pelé, o treinador Jorge Sampaoli pediu demissão do cargo. Uma vez comunicada a demissão pelo treinador, o caso foi entregue aos departamentos jurídico e de recursos humanos do Clube. O Santos FC agradece ao treinador Jorge Sampaoli pelo trabalho realizado na temporada de 2019", informou o clube.

Foram diversos motivos que fizeram Sampaoli pedir demissão. O treinador tem relação desgastada com o presidente José Carlos Peres e queria reforços para brigar por títulos em 2020. A diretoria, porém, não fará grandes investimentos para a próxima temporada. Sampaoli e Peres se reuniram na última segunda-feira, no CT Rei Pelé. No encontro, não chegaram a um acordo para a permanência.

NÚMEROS NO SANTOS

O treinador foi contratado pelo Santos no fim de 2018 e assumiu o comando da equipe em janeiro. Em 65 jogos, ele teve 35 vitórias, 15 empates e 15 derrotas, com 61,5% de aproveitamento. Com Sampaoli, o Santos terminou o Campeonato Brasileiro na segunda colocação, mas fracassou nos torneios de mata-mata: caiu na primeira fase da Copa Sul-Americana, nas oitavas de final da Copa do Brasil e na semifinal do Campeonato Paulista.

PALMEIRAS MONITORA

Representantes do Palmeiras se reuniram com representantes de Sampaoli na semana passada. Na conversa, o clube soube quanto o treinador argentino quer receber para comandar a equipe paulista a partir de 2020: R$ 21 milhões por ano, contando os salários dele e de seus auxiliares. O Palmeiras planeja uma contraproposta com valores mais baixos, entre R$ 15 milhões e R$ 18 milhões, mas com premiações altas em caso de títulos.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM