Jornal do Commercio
Notícia
copa 2022

Seleção pode disputar jogo das Eliminatórias da Copa na Arena Pernambuco

Presidente da Federação Pernambucana de Futebol, Evandro Carvalho, disse que Arena Pernambuco é candidata, mas encara dificuldade da localização geográfica

Publicado em 14/01/2020, às 11h45

Seleção brasileira enfrentará a Bolívia na primeira partida das Eliminatórias. Foto: AFP / AFP
Seleção brasileira enfrentará a Bolívia na primeira partida das Eliminatórias. Foto: AFP
AFP
JC Online

A seleção brasileira pode disputar a primeira partida das Eliminatórias da Copa do Mundo do Catar, em 2022, na Arena Pernambuco. O presidente da Federação Pernambucana de Futebol (FPF), Evandro Carvalho, revelou que a entidade está trabalhando para que o Estado receba a partida entre o Brasil e a Bolívia, em março. O processo, porém, é conduzido pela Conmebol e se torna mais complicado por conta da localização geográfica. A decisão será anunciada nas próximas semanas.

DIFICULDADE

"Temos essa pretensão (de receber o jogo da seleção). Mas o processo é difícil e não é uma decisão tomada pela Federação ou pela CBF. Passamos por um processo de habilitação e vários fatores são avaliados pela Conmebol. Sempre encontramos dificuldades por conta da localização. O pessoal já acha ruim ir para um jogo na Bahia...eles preferem quando os jogos são no Sudeste e Sul, no Rio de Janeiro ou São Paulo, por exemplo. Fica melhor para os torcedores de Argentina e Uruguai.  Mas estamos trabalhando para conseguir trazer a seleção sim ", argumentou o dirigente pernambucano. Quatro capitais do Nordeste são as principais candidatas para receber o jogo da seleção.



Além do Recife, representado pela Arena Pernambuco, estão na disputa Fortaleza (Arena Castelão), Salvador (Arena Fonte Nova) e Natal (Arena das Dunas).  




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM