Jornal do Commercio
Notícia
futebol

Governo de Pernambuco protocola requerimento para extinção das torcidas organizadas

A solicitação foi feita junto à 5ª Vara da Fazenda Pública da Comarca do Recife

Publicado em 14/02/2020, às 17h02

O órgão pede julgamento imediato de duas ações. / Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
O órgão pede julgamento imediato de duas ações.
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
JC Online

Entre as medidas do governo de Pernambuco para acabar com as torcidas organizadas (TOs), a Procuradoria Geral do Estado (PGE) protocolou nesta sexta-feira (14) um requerimento junto à 5ª Vara da Fazenda Pública da Comarca do Recife. O órgão pede que duas ações que pedem a extinção das personalidades jurídicas das TOs sejam julgadas imediatamente e de maneira simultânea.

>> Torcida Organizada do Sport provoca tumulto em festa de aniversário do Santa Cruz

>> Vídeo registra hora em que organizada do Sport chega ameaçando festa de torcedores do Santa Cruz

>> Ministério Público vai abrir inquérito para apurar ação da torcida do Sport em festa do Santa Cruz

Ainda no comunicado do governo é destacado quem são os réus das ações: a Torcida Jovem, a Fanáutico e a Inferno Coral. O objetivo, segundo o Estado, é proibir o acesso em definitivo das torcidas aos estádios e reuniões também fora das praças esportivas.

>> Leia o especial sobre as torcidas organizadas

A referência do documento assinado por Ernani Medicis, procurador-geral do Estado, tem como base recentes incidentes envolvendo as TOs. "O requerimento mostra que o Estado de Pernambuco é parte interessada das Ações Ordinária n. 0018056-45.2014.8.17.0001 e Civil Pública (ACP) Nº 0118424-33.2012.8.17.0001", detalha a nota.



Por fim, a PGE acrescenta que o pedido de urgência quer "concretizar o interesse público" e impedir "a ocorrência de crimes por parte dos integrantes dessas organizadas".

>> Mãe lembra ataque da Torcida Jovem, mas não desiste de acompanhar o Santa Cruz com o filho

>> Presidente do Santa Cruz diz que clube fará de tudo para coibir violência das Organizadas

>> Torcedor do Santa Cruz relata pânico vivido com filho e sobrinho após ataque da Torcida Jovem

RELEMBRE

No começo deste mês de fevereiro, um grupo de torcedores cantando músicas da Torcida Jovem do Sport invadiu a comemoração do aniversário do Santa Cruz, no bairro da Boa Vista, centro do Recife, provocando confusão e agressões. Ainda na noite do dia 3 de fevereiro, a Jovem publicou, nas redes sociais, que não compactua com "o acontecido da noite de hoje".

No dia seguinte, a Estação Tancredo Neves foi palco de mais um caso de violência. Desta vez, as organizadas do Sport e do Santa Cruz foram os protagonistas da confusão.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM