Jornal do Commercio
aflitos

Náutico se movimenta rapidamente e anuncia Jorginho como técnico

Anúncio ocorreu menos de 2 horas depois da demissão do técnico Zé Teodoro, em Criciúma

Publicado em 15/08/2013, às 00h05

 /
Do JC Online

Menos de 2 horas depois de demitir o técnico Zé Teodoro, após a derrota por 3x0 para o Cricúma na noite desta quarta-feira (14), o Náutico anunciou a contratação de Jorginho, ex-Bahia, para tentar salvar o time do rebaixamento para a Série B do Campeonato Brasileiro. A confirmação veio do presidente Paulo Wanderley, no início desta quinta-feira (15), em entrevista ao repórter Leonardo Bóris, na Rádio Jornal.

De acordo com o dirigente alvirrubro, o novo treinador desembarca no Recife no final da tarde desta quinta-feira e já comanda o time no banco de reservas contra o Fluminense, próximo sábado, na Arena Pernambuco, na 13ª partida no Brasileirão. No momento, o Timbu ocupa a lanterna da competição, com oito pontos conquistados.

Jorge Luís Silva está com 48 anos e foi assediado pelo clube em outras duas oportunidades, mas não fechou contrato. Ele dirigiu o Bahia até o dia 7 de abril, saindo antes do término do Campeonato Baiano, após derrota por 7x1 para o Vitória. Também passou por Palmeiras, Goiás, Ponte Preta e Atlético-PR. Nos Aflitos, assinou contrato a princípio até o final desta temporada.



Jorginho tem como grande trabalho na carreira até o momento o acesso da Portuguesa para a Série A em 2011. Naquela temporada, o time sobrou e conquistou a vaga para a elite nacional e o título da Série B com várias rodadas de antecipação, com um futebol bastante ofensivo. O próprio Náutico e o Sport também subiram juntos naquele ano.

Como o anúncio se deu logo depois da demissão de Zé Teodoro, o presidente timbu se preocupou em esclarecer a situação. "Nossa intenção era só anunciar amanhã (quinta) para não parecer que já estávamos com tudo acertado. Quero deixar claro que isso não aconteceu, até porque Jorginho não aceitaria conversar conosco caso Zé Teodoro ainda fosse o treinador", comentou o mandatário.

Jorginho será o terceiro treinador do Náutico na Série A, o quinto no ano. A temporada começou com Alexandre Gallo, que saiu no final de janeiro para comandar as seleções de base do Brasil. Depois, veio Vágner Mancini, que não resistiu aos resultados ruins no Campeonato Pernambucano. No seu lugar, assumiu Paulo Silas, que caiu no início da Série A. Por fim, veio Zé Teodoro, demitido esta quarta.

Palavras-chave




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM