Jornal do Commercio
confirmação

Moacir Júnior é o novo técnico do Náutico

Empresários indicam acerto do treinador com o Timbu para a temporada 2015

Publicado em 04/12/2014, às 22h43

 / Foto: Edmar Melo/JC Imagem
Foto: Edmar Melo/JC Imagem
Diego Toscano

A diretoria alvirrubra optou pela cautela e não anunciou o nome de Moacir Júnior para comandar o time em 2015. Mas os dois agentes do técnico já confirmaram o acerto na noite desta quinta-feira. A reportagem do JC conseguiu o “sim” com o empresário Alex Fabiano, enquanto o repórter Leonardo Bóris, da Rádio Jornal, obteve o sinal positivo com Luiz Augusto. Faltando detalhes de planejamento, a expectativa da cúpula do Timbu é oficializar nesta sexta (5) o treinador, que estava no ABC na reta final da Série B nacional. Antes, ele estava no América-MG.



A reportagem do JC entrou em contato com o técnico Moacir Júnior, mas ele não atendeu os telefonemas. “Não queremos anunciar o treinador sem a confirmação oficial. Moacir está realmente nos planos do clube”, limitou-se a dizer o diretor de futebol do Timbu, José Barbosa.

“Desde quando Dado Cavalcanti confirmou a transferência para o Ceará, elencamos alguns nomes internamente e discutimos qual seria a opção mais adequada ao nosso planejamento para 2015. Abrindo três frentes, debatemos a relação de valores e projeto para a próxima temporada até chegar neste treinador. Definimos ontem (anteontem) e já avançamos muito, inclusive com proposta oficial. Houve uma identidade muito grande do Náutico com essa opção e vice-versa. Claro que só estará tudo certo quando ele assinar, mas acredito que está bem próximo de um desfecho positivo. De zero a dez, temos uma possibilidade de oito para a chegada deste técnico”, explicou Paulo Henrique Guerra, diretor de futebol do Timbu.

O diretor afirmou que o treinador escolhido está dentro do planejamento de aproveitamento das crias alvirrubras do CT Wilson Campos. “Ele entende que o momento do Náutico em 2015 é o de aproveitar bastante a base. Um ano de ‘pés no chão’, com um orçamento reduzido”, ressaltou Paulo.

Um dos pequenos empecilhos para a confirmação do treinador é o temor da diretoria de não dar um “tiro no escuro”, assim como fez em 2014, quando o técnico Lisca foi contratado. “Esses ajustes (que faltam) são coisas em relação ao projeto que a gente pretende ter com esse treinador. Queremos um comandante para um projeto que venha para passar um ano. Tudo o que a gente vinha trabalhando com Dado em relação a 2015, da remontagem da equipe, trabalhar nos campeonatos e culminar com o acesso, também já foi repassado para este comandante. Sábado (6) é o prazo final tratado pelas duas partes”, disse.

Palavras-chave




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM