Jornal do Commercio
Alvirrubro

Moacir Júnior não é mais o técnico do Náutico

Treinador foi comunicado da demissão em uma reunião com a diretoria nesta noite de segunda-feira (2)

Publicado em 02/03/2015, às 20h31

Técnico Moacir Júnior não resistiu aos fracos resultados e não comanda mais o Náutico / Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Técnico Moacir Júnior não resistiu aos fracos resultados e não comanda mais o Náutico
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Do JC Online

O técnico Moacir Júnior não resistiu. Na noite desta segunda-feira (2/3), após uma reunião, na sede dos Aflitos, a diretoria do Náutico anunciou a demissão do treinador. O encontro contou com a participação do alto comando alvirrubro e também do próprio técnico. Para tomar a decisão, os dirigentes fizeram uma análise e concluíram que o time não vinha correspondendo. Dos noves jogos oficiais, nesse início de temporada, o Timbu realizou seis na Arena Pernambuco, local onde manda suas partidas, e venceu apenas o Serra Talhada por 4x0. Nos demais, empatou duas vezes com o Salgueiro, perdeu para o Sport por 1x0, enquanto diante Santa Cruz foi derrotado por 2x1 e empatou sem gols domingo (1/3).

Dos noves jogos, o Timbu venceu dois, um deles para o Piauí por 2x0, em Teresina, pela Copa do Nordeste, empatou quatro e perdeu três. Uma das derrotas foi diante do Moto Club por 3x1, também na competição Regional.

Após a reunião, o diretor José Barbosa adiantou que o futuro treinador ainda não está definido, embora tenham surgido os nomes de Roberto Fernandes, Waldemar Lemos e Marcelo Martelotte. "Vamos ter muita calma para definir o técnico. Mas não tratamos de nenhum nome."

O maior desafio do ex-técnico era montar um grupo aproveitando vários jogadores da base (12 garotos) e as contratações foram realizadas de acordo com orçamento para o início da temporada. A folha salarial não poderia ultrapassar R$ 350 mil. O grupo atual tem média de idade em torno de 24,6 anos.



Por isso, depois da reunião, Moacir Júnior também deu uma entrevista e disse que aceitou o desafio. "Cheguei para fazer um trabalho de reestruturação. Começamos esse trabalho de aproveitar vários garotos da base. Deixo o clube pela porta da frente e discordo de quem afirma que o time não tem um padrão de jogo definido. No último clássico, diante do Santa Cruz, terminamos o jogo com sete jogadores da base."

O ex-técnico comandou o seu último treino nesta segunda-feira à tarde,  no CT Wílson Campos, na Guabiraba, um coletivo entre os atletas que não atuaram no clássico contra o time sub-20.

No momento, o Náutico está fora do grupo de classificação às semifinais do Hexagonal do Título do Pernambucano. O time soma seis pontos na quinta colocação. Na Copa do Nordeste, o alvirrubro é o segundo colocado do Grupo C com quatro pontos. Na próxima quinta-feira (5), na Arena, enfrenta o Piauí. Para essa partida, Levi Gomes, um dos assistentes, vai comandar o time. Nesta terça-feira (3), ele já realiza um treino CT Wílson Campos.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM