Jornal do Commercio
Alvirrubro

Lisca não é mais técnico do Náutico e disse que não tinha solução para o time

Diretoria tomou a decisão horas depois da derrota para o Ceará nesta segunda-feira

Publicado em 08/09/2015, às 03h20

Técnico Lisca perdeu o cargo depois de mais uma derrota fora de casa / Foto: André Néry/JC Imagem
Técnico Lisca perdeu o cargo depois de mais uma derrota fora de casa
Foto: André Néry/JC Imagem
Do JC Online

O técnico Lisca foi demitido e não comanda mais o Náutico no restante da Série B do Campeonato Brasileiro. A derrota por 1x0 para o Ceará, na noite da segunda-feira (7/9), no Castelão, em Fortaleza, foi a gota d'agua para a decisão da diretoria, que fez a comunicação no site oficial do clube horas depois da partida. O time em 12 jogos, fora de casa, obteve apenas uma vitória na 2ª rodada, empatou três e perdeu oito, com apenas 18,88% de aproveitamento. Em casa, a equipe está invicta, com nove vitórias e três empates, aproveitamento de 83,33%.

O assistente Levi Gomes assume o cargo interinamente e pode comandar o time no jogo contra o América-MG, sábado (12), em Belo Horizonte, enquanto os dirigentes procuram um substituto.

Após o jogo, o treinador chegou a declarar que não conseguia encontrar uma solução para o time voltar a render bem e reagir na competição. Além disso, com a derrota para o Ceará, o Timbu completou trê rodadas sem vencer e o acupa a 6ª colocação, com 36 pontos, mas pode perder três posições com o complemento da 24ª rodada, nesta terça-feira (8).

"Estou tentando de tudo, mudo jogadores, mudo sistema, mas não estou conseguindo encontrar a solução. Os jogadores e a diretoria estão fazendo o máximo. A responsabilidade é minha que não estou conseguindo encontrar a equipe", disse o técnico após o jogo.



Esta foi a segunda passagem de Lisca no comando do Náutico. No jogo diante dos cearenses ele completou seis meses à frente do time. Foram 35 jogos, 15 vitórias, oito empates e 12 derrotas, um aproveitamento de 50%.

O treinador foi comunicado da decisão pelo diretor de futebol Paulo Henrique Guerra. Ele apenas agradeceu o apoio da torcida e lamentou não ter conseguido os objetivos planejados. "Infelizmente as coisas não acontecem sempre como desejamos, mas dedicação, empenho e respeito ao clube nunca faltaram. Saio com o sentimento de dever cumprido, obrigado Náutico", comunicou por uma rede social.

A delegação alvirrubra tem chegada prevista ao Recife às 15h. Os jogadores serão liberados e se reapresentam na quarta-feira (9), no CT Wílson Campos.

Palavras-chave




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM