Jornal do Commercio
CONTAS

Náutico divulga valor arrecadado para reforma dos Aflitos

O clube informou que conseguiu mais de R$300 mil com os sócios

Publicado em 09/06/2016, às 13h40

O conselho do Náutico deseja voltar aos Aflitos até 2017.  / Foto: Davi Saboya/Blog do Torcedor
O conselho do Náutico deseja voltar aos Aflitos até 2017.
Foto: Davi Saboya/Blog do Torcedor
Do Blog do Torcedor
Karoline Albuquerque

O Náutico divulgou nesta quinta-feira (9) o valor arrecadado até agora entre sócios do clube para a reforma do estádio dos Aflitos. Nos cinco primeiros meses do ano foram separados R$ 56.600 para as obras no equipamento. No total, o Náutico já recebeu R$ 373.925 de contribuição dos alvirrubros. O desejo do conselho é retornar ao estádio no próximo ano.

No site oficial, o clube publicou uma nota agradecendo aos sócios que ajudaram espontaneamente, através de boletos enviados mensalmente. “Os excelentes resultados obtidos com os cinco boletos já enviados evidenciam a disposição do associado alvirrubro em ajudar a Direção a superar as graves dificuldades financeiras existentes”, diz um trecho do comunicado assinado por Marcos Freitas e Ivan Brondi, presidente e vice do executivo, respectivamente.



Além do dinheiro utilizado para a revitalização do estádio alvirrubro, o Náutico destinou recursos para outros setores:

Despesas iniciais da gestão – R$ 103.330

Salários atrasados de funcionários – R$ 69.650

Futebol de base – R$ 77.245

Centro de treinamento – R$ 67.100

Comparando os valores com o dos outros boletos, a quantia destinada à reforma foi a menor. “Para nossa surpresa, os números estão bem abaixo do esperado”, evidencia a gestão do Náutico sobre a contribuição voltada ao estádio.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM