Jornal do Commercio
Série C

Terceirona não é novidade para Náutico e Santa Cruz

Alvirrubros já atuaram na Terceira Divisão uma vez, enquanto o Santa Cruz em três oportunidades

Publicado em 13/11/2017, às 07h10

O Náutico jogou a Série C em 1999 / Diego Nigro/JC Imagem
O Náutico jogou a Série C em 1999
Diego Nigro/JC Imagem
Heitor Nery e Marcos Leandro
esportes@jc.com.br

Jogar a Série C do Campeonato Brasileiro em 2018 não será um cenário inédito para Santa Cruz e Náutico. O tricolor disputou a Terceira Divisão Nacional em 2008, 2012 e 2013, tendo portanto um certo conhecimento sobre as dificuldades que estarão no caminho da disputa por uma das quatro vagas para a Série B em 2019. Já o alvirrubro foi o primeiro a se “aventurar” na Série C, em 1999, e só deixou a divisão por conta de uma virada de mesa.

No fim da década de 1990, o Náutico vivia outra fase difícil. Em 1998, entre 24 times, o Timbu acabou em 21º e foi rebaixado - os seis últimos caiam de divisão na época. No ano seguinte, em 1999, o alvirrubro encarou a Série C e acabou o campeonato em terceiro lugar, atrás dos promovidos Fluminense e São Raimundo-AM. Em 2000, com a criação da Copa João Havelange (equivalente ao Brasileiro daquele ano), o Náutico acabou subindo para o Módulo Amarelo (2ª Divisão), enquanto o Fluminense foi lançado para o Múdulo Azul (1ª Divisão).



TRICOLOR

Já o Santa Cruz, nas três vezes em que fez parte da Série C, apenas em uma delas conseguiu o acesso, em 2013, quando foi campeão vencendo o Sampaio Corrêa na final. Em 2008, o time caiu para a recém-criada Série D. Em 2012, jogou e permaneceu na Terceirona.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Cantos e Recantos Cantos e Recantos
A temporada de sol está nos espreitando, e a Praia de Boa Viagem é sempre uma opção de passeio. Mas que tal ousar um pouquinho na quilometragem e desbravar outros destinos? Pernambuco tem muitos lugares fantásticos e você vai adorar o roteiro que o JC fe
As Paixões de José Pimentel, o eterno Jesus As Paixões de José Pimentel, o eterno Jesus
O JC preparou um hotsite especial em homenagem ao ator e diretor Jose Pimentel, o eterno Jesus Cristo do teatro pernambucano
Nordeste Renovável Nordeste Renovável
Com a força dos ventos e a incidência solar, o Nordeste desponta como oásis. Não só para o turismo, nem apenas no Litoral. Na geração de energia sustentável está a nova fonte de riqueza da Região, principalmente no interior

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM