Jornal do Commercio
SEGUNDONA

Roberto Fernandes quer que o Náutico termine a Série B com dignidade

Treinador alvirrubro falou que é preciso ter vergonha na cara nos últimos três jogos

Publicado em 14/11/2017, às 07h49

Roberto Fernandes pretende escalar alguns atletas que não vinham atuando / Foto: JC Imagem
Roberto Fernandes pretende escalar alguns atletas que não vinham atuando
Foto: JC Imagem
Filipe Farias
Twitter: @_filipefarias

Os três últimos jogos do Náutico na Segundona não serão apenas para cumprir tabela. Apesar de o Timbu (19º, com 31) não almejar mais nada na competição - está rebaixado matematicamente à Terceira Divisão -, o técnico Roberto Fernandes deixou claro que é preciso ter vergonha na cara ao encarar os próximos compromissos e honrar a camisa alvirrubra, a começar pelo confronto contra o Criciúma (9º, com 46), hoje, às 18h15 (horário do Recife), no estádio Heriberto Hülse, em Santa Catarina, pela 36ª rodada da Série B.

“Vergonha na cara faz bem a todos. O Náutico está no seu limite de derrotas na competição. Aliás, já gastou todos os limites de derrotas no primeiro turno. É preciso respeitar a camisa, entrar com seriedade e buscar as vitórias nesses três jogos”, disparou o treinador timbu, que vai seguir aproveitando esses confrontos para dar chance a quem não vinha atuando constantemente. “A avaliação do trabalho no futebol acontece o tempo inteiro. Vamos dar oportunidades a quem teve poucas ao longo da competição, mas desde que estejam motivados e que encarem a chance de maneira séria”, falou.

Um dos confirmados como titular é Busatto. Com a antecipação das férias de Jefferson, o goleiro de 27 anos assume a camisa 1 contra Criciúma, Vila Nova e Luverdense. “Sei que o momento de estrear não é oportuno (com o Náutico já rebaixado), mas espero agarrar essa oportunidade de jogar. Tenho consciência que serei avaliado e, se gostarem do meu desempenho, espero ficar no próximo ano. Procuro fazer o meu trabalho bem feito e que amanhã (hoje) possa ser um grande dia”, desejou o goleiro.

Em relação aos atletas que vinham como titulares nas últimas rodadas, Breno Calixto e Diego Miranda seguem sem ser relacionados. Rafinha está suspenso. Já o atacante William pediu para não ser relacionado e deve resolver o seu futuro hoje.



CRICIÚMA

Pelo lado do Criciúma, o pensamento também está em 2018. Sem chances de brigar pelo acesso e com uma pontuação confortável para não cair, os catarinenses pretendem utilizar as últimas partidas para avaliar melhor alguns jogadores e definir o futuro de cada um. O técnico Beto Campos (ex-Náutico) não vai ficar no Criciúma no próximo ano. Ele tem um pré-contrato com o Novo Hamburgo.

Ficha do jogo

CRICIÚMA

Luiz; Diogo Mateus, Raphael Silva, Edson Borges e Giaretta; Barreto (Ricardinho), Douglas Moreira, João Henrique e Maranhão; Caio Rangel e Lucão (Kalil). Técnico: Beto Campos.

NÁUTICO

Busatto; David, Rafael Ribeiro, Aislan e Henrique Ávila; Amaral, Renan Paulino (Jobson) e Cal Rodrigues; Dico, Iago (Leilson) e Gerônimo. Técnico: Roberto Fernandes.

Local: Heriberto Hülse, em Criciúma-SC.
Horário: 18h15 (do Recife).
Árbitro: Alinor Silva da Paixão (MT).
Assistentes: Fábio Rodrigo Rubinho e Marcelo Grando (ambos do MT).


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza
A capital cearense, diferentemente da pernambucana – embora nordestina também – deu um salto na infraestrutura viária voltada para as bicicletas. A cidade está repleta de ciclofaixas. Por toda parte. E a grande maioria conectada
Cantos e Recantos Cantos e Recantos
A temporada de sol está nos espreitando, e a Praia de Boa Viagem é sempre uma opção de passeio. Mas que tal ousar um pouquinho na quilometragem e desbravar outros destinos? Pernambuco tem muitos lugares fantásticos e você vai adorar o roteiro que o JC fe
As Paixões de José Pimentel, o eterno Jesus As Paixões de José Pimentel, o eterno Jesus
O JC preparou um hotsite especial em homenagem ao ator e diretor Jose Pimentel, o eterno Jesus Cristo do teatro pernambucano

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM