Jornal do Commercio
Copa do Brasil

Agora no Cuiabá, Ananias relembra saída e exalta carinho pelo Náutico

'Clube do meu coração, que me relevou pro futebol', afirmou volante

Publicado em 14/03/2018, às 12h29

Ananias é um dos quatro ex-Náutico no Cuiabá / Divulgação/Cuiabá
Ananias é um dos quatro ex-Náutico no Cuiabá
Divulgação/Cuiabá
Diego Toscano
Twitter: @diegotoscanoo

No final do ano passado, quando enfrentou o Náutico pela primeira vez, ainda pelo Santa Cruz, o volante João Ananias revelou uma mágoa por ter deixado o clube alvirrubro como "vilão". Nesta quarta (14), não será dessa vez que o jogador enfrentará novamente o seu clube formador. Agora no Cuiabá, adversário do clube alvirrubro pela Copa do Brasil, Ananias conversou com o JC sobre os "novos ares". Em 2018, deixou Pernambuco pela primeira vez na carreira. Falou também sobre o carinho que tem pelo Timbu, apesar de tudo que aconteceu no ano passado.

"É diferente (deixar Recife). Depois de tantos anos aí, seja na base ou no profissional do Náutico e depois no Santa Cruz, agora respiro novos ares. Muito tempo disputando Campeonato Pernambucano. Agora vamos ver se as coisas andam. Estreei bem domingo e ganhamos por 1x0 (contra o União Rondonópolis, pelo estadual). Acabamos a primeira fase do campeonato como líder e invictos. Continuamos forte e na luta para continuar o ano até a Série C", explicou o jogador.



Reconhecendo que ficou triste pela saída do Timbu após oito anos, Ananias também fez questão de ressaltar o carinho que tem pelo clube. "Ficou uma chateação. Sempre que vesti a camisa do Náutico, dei 100% de mim. Honrei a camisa da melhor forma possível. E mesmo assim saí como se fosse um vilão. Mas é uma coisa que deixei para trás. Se um dia eu voltar a vestir a camisa do clube de novo, não vou guardar rancor jamais. É o clube do meu coração, que me revelou pro futebol. Já foi. Queria muito jogar. Não por ser contra o Náutico, mas para ajudar minha nova equipe", afirmou.

O JOGO

Apesar de não poder jogar, o volante falou sobre a nova equipe. Além dele, o Cuiabá tem também mais três ex-Náutico: o lateral-esquerdo Jeanderson, o meia Hilitinho e o atacante Bruno Alves. "Estamos bem tranquilos porque o elenco tem jogadores rodados e sabemos o que fazer. Acho que vai ser um grande jogo", finalizou.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Cantos e Recantos Cantos e Recantos
A temporada de sol está nos espreitando, e a Praia de Boa Viagem é sempre uma opção de passeio. Mas que tal ousar um pouquinho na quilometragem e desbravar outros destinos? Pernambuco tem muitos lugares fantásticos e você vai adorar o roteiro que o JC fe
As Paixões de José Pimentel, o eterno Jesus As Paixões de José Pimentel, o eterno Jesus
O JC preparou um hotsite especial em homenagem ao ator e diretor Jose Pimentel, o eterno Jesus Cristo do teatro pernambucano
Nordeste Renovável Nordeste Renovável
Com a força dos ventos e a incidência solar, o Nordeste desponta como oásis. Não só para o turismo, nem apenas no Litoral. Na geração de energia sustentável está a nova fonte de riqueza da Região, principalmente no interior

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM