Jornal do Commercio
timbu

Náutico se mantém aberto ao mercado por reforços

Náutico contratou oito jogadores para a temporada de 2019 e, segundo executivo de futebol, clube está aberto para novas propostas de acordo com as necessidades

Publicado em 10/01/2019, às 12h07

Náutico fará sua estreia na temporada na próxima terça-feira, contra o Fortaleza / Léo Lemos/Náutico
Náutico fará sua estreia na temporada na próxima terça-feira, contra o Fortaleza
Léo Lemos/Náutico
JC Online

O Náutico até tem uma boa base de atletas para dar o pontapé inicial na temporada 2018. Por enquanto, não há nenhuma necessidade urgente. Mas o clube se mantém aberto ao mercado da bola para possibilidades que podem vestir vermelho e branco durante o ano.

“Eu sempre digo que o ciclo de reforços se encerra quando não der mais para inscrever nenhum atleta. Enquanto a gente estiver competindo, o mercado estiver aberto e puder inscrever, vamos analisar. Não quer dizer que a gente enxergue que é uma necessidade contratar atletas nesse momento”, ponderou o executivo de futebol alvirrubro Ítalo Rodrigues.



REFORÇOS

Na opinião de Rodrigues, há vários fatores que podem indicar a chegada de novos reforços para o time. Até agora, o Náutico trouxe oito jogadores novos para o elenco.

“Mas tudo varia muito do mercado, do que vai ser oferecido, do rendimento desse grupo, do início de competição que a gente vai ter. Influencia vários fatores. Rendimento, lesão de atleta. Isso é levado em consideração e vai monitorando o mercado para, se houver necessidade, a gente poder trazer algum reforço”, completou o executivo timbu.


Palavras-chave




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.
Conheça o udigrudi pernambucano Conheça o udigrudi pernambucano
O udigrudi pernambucano reuniu um grupo de talentosos jovens músicos que, na primeira metade dos anos 70, gravou discos absolutamente não comerciais, fez rock and roll na terra do frevo, produziu festivais, insistiram na permanência do sonho.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM