Jornal do Commercio
náutico

Márcio ''confia e acredita'' em evolução de Jorge Henrique

O técnico alvirrubro falou sobre o início de temporada do jogador alvirrubro

Publicado em 07/02/2019, às 18h37

Jorge Henrique não teve boa atuação diante do Vitória.  / Foto: Léo Lemos/Náutico
Jorge Henrique não teve boa atuação diante do Vitória.
Foto: Léo Lemos/Náutico
Karoline Albuquerque
Do Blog do Torcedor

O meia Jorge Henrique foi o jogador contratado pelo Náutico com status de midiático. Nome e currículo, o meia tem. Mas, em seu retorno ao Timbu, o atleta de 36 anos ainda não demonstrou o futebol esperado. Por ter noção do que Jorge Henrique pode oferecer, o técnico Márcio Goiano mantém a confiança e espera a evolução do meia.

"A gente confia e acredita que ele vai evoluir juntamente com todo mundo. É importante, nós tivemos um início de competição com muitos jogos fora. Agora estamos voltando para casa. Importante vencer, evoluir, se ambientar com o clima, estádio. Vamos com certeza evoluir durante as competições", comentou o treinador alvirrubro.



Para ajudar a acelerar essa evolução esperada, o técnico conversa com Jorge Henrique. No time, o atleta é quem está fazendo funções de armação e criação de jogada. Assim como todos os companheiros de time, as atuações do meia são analisadas mais uma vez, após as partidas.

"A gente sabe da capacidade do Jorge. Exige condição melhor. Ele sabe que pode render mais, nos ajudar mais. Sabe que a cobrança é grande, porque viveu e usou camisas de muita cobrança. Eu tenho certeza que ele realmente vai ajudar a gente ainda. Tem a evoluir e a gente acredita no profissional", concluiu Márcio Goiano.





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC 100 anos JC 100 anos
Para marcar os 100 anos de fundação, o JC publica este especial com um panorama do que se passou neste período em que o jornal retratou o mundo, com projeções de especialistas sobre o que vem por aí e com os bastidores da Redação do Jornal do Commercio
Sozinha nasce uma mãe Sozinha nasce uma mãe
Uma palavra se repete na vida dela: sozinha. Porque estava sozinha na gravidez. Sozinha na hora do parto. Sozinha nas primeiras noites de choro. Sozinha nos primeiros passos. Sozinha no registro civil. O JC conta histórias de luta das mães sozinhas
Segunda chance - Caminhos para ressocializar Segunda chance - Caminhos para ressocializar
Eles saem das prisões, mas as prisões não saem deles. Perseguem-nos até o final de suas vidas. Como uma condenação perpétua. Pena. Eles lamentam. Mas precisam seguir. E neste difícil caminho da ressocialização, o trabalho é uma espécie de absolvição.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM