Jornal do Commercio
Márcio Goiano

Márcio Goiano destaca poder de reação do Náutico, apesar de falhas

Sistema defensivo do Náutico voltou a falhar no clássico contra o Santa Cruz, neste sábado (9), nos Aflitos

Publicado em 09/02/2019, às 21h26

Jorge Henrique marcou o primeiro gol desde sua volta ao Náutico / Bobby Fabisaki/JC Imagem
Jorge Henrique marcou o primeiro gol desde sua volta ao Náutico
Bobby Fabisaki/JC Imagem
Fernando Castro
Twitter: @fernand0_castro

O duelo contra o Santa Cruz, além de ter sido o primeiro clássico no estádio dos Aflitos depois de ser reinaugurado, tinha um gosto especial sobretudo para o treinador Márcio Goiano, já pressionado no Náutico depois de perder o primeiro clássico disputado na temporada, para o Sport, no Campeonato Pernambucano. O time alvirrubro mostrou muita vontade, mas apesar da intensidade ofensiva, a defesa voltou a cometer falhas. Apesar dos erros, o técnico do Timbu destacou o poder de reação do time.

“A gente sabia da equipe que ia enfrentar, o Leston (Júnior) é um treinador que trabalha duas linhas de quatro, com dois jogadores por dentro, priorizando saída rápida para o ataque e foi assim que levamos os gols. Sabíamos da dificuldade, mas buscamos força na partida, buscamos o resultado, tivemos tranquilidade e paciência”, comentou Márcio Goiano.



PRESSÃO

Ainda sem conseguir apresentar um futebol convincente na temporada, os jogadores do Náutico estão lidando com críticas por parte da torcida alvirrubra. Apesar da pressão, o técnico Márcio Goiano encara com naturalidade a cobrança do torcedor por resultados e diz que o time segue no planejamento inicial de se classificar na Copa do Nordeste.

“A cobrança é natural para que a gente consiga o nosso objetivo, que é classificar entre os quatros na Copa do Nordeste. Sabíamos a importância da vitória no sentido de tabela, infelizmente não conseguimos, somamos um ponto. Corremos atrás e agora é pensar no próximo jogo, pela Copa do Brasil”, avaliou o treinador.





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Segunda chance - Caminhos para ressocializar Segunda chance - Caminhos para ressocializar
Eles saem das prisões, mas as prisões não saem deles. Perseguem-nos até o final de suas vidas. Como uma condenação perpétua. Pena. Eles lamentam. Mas precisam seguir. E neste difícil caminho da ressocialização, o trabalho é uma espécie de absolvição.
Papai Noel o ano inteiro Papai Noel o ano inteiro
As luzes na cidade anunciam que o Natal já chegou. É nesta época do ano que o espírito natalino faz aflorar alguns dos sentimentos mais nobres. Agora iremos contar histórias de pessoas, organizações e empresas que fizeram da solidariedade missão de vida
Vida fit todo dia Vida fit todo dia
Apesar de a abertura do Verão no Brasil só acontecer em dezembro, no Nordeste há uma antecipação da data. Por esse motivo, que tal aproveitar esses meses de energia para cultivar bons hábitos e mudar o estilo de vida? Veja várias dicas de como se cuidar

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM