Jornal do Commercio
Notícia
Experiência

Josa quer usar título paulista com o Ituano como incentivo ao Náutico

Volante foi o capitão do Ituano na conquista do Campeonato Paulista, em 2014

Publicado em 17/04/2019, às 16h03

Josa foi campeão paulista com o Ituano em 2014 / Léo Lemos/Clube Náutico Capibaribe
Josa foi campeão paulista com o Ituano em 2014
Léo Lemos/Clube Náutico Capibaribe
Fernando Castro
Twitter: @fernand0_castro

Capitão do Ituano no título do Campeonato Paulista em 2014, o volante Josa quer usar a conquista como um incentivo a mais para o Náutico na decisão do pernambucano contra o Sport. Naquela oportunidade, o time do interior paulista foi campeão batendo o Santos nas penalidades (Josa converteu uma delas), dentro do estádio do Pacaembu.

"Do Ituano eu trago coisas boas, lá eu tava em um time do interior, considerado pequeno e a gente tinha essa vontade de servir até de inspiração, foi o jogo da nossa vida. Aqui eu encaro da mesma forma, é uma final e é um clássico, se a gente ganhar esse clássico, terá várias consequências boas para a gente e vamos em busca disso, em busca de coisas boas, é a final, queremos ser bicampeões", comentou o volante.

Com o Náutico em desvantagem, já que perdeu o primeiro jogo da final do Campeonato Pernambucano para o Sport, Josa traz a comparação, guardada as devidas proporções, as dificuldades do Ituano ter sido campeão em cima do Santos em 2014. De acordo com o volante alvirrubro, o elenco do Timbu tem que estar consciente do que fazer na Ilha do Retiro para buscar o bicampeonato estadual.



“A gente tem a consciência que a gente está na desvantagem, mas não é uma desvantagem que não dá para reverter lá dentro da Ilha. Cada final é uma final, jogar contra o Santos era uma desvantagem para a gente, por ser um time do interior. O mais importante é a gente estar consciente do que temos que fazer lá dentro, temos que ganhar, outro resultado não interessa para a gente, sabemos disso e vamos para conquistar a vitória e consequentemente em busca do título", disse Josa.

CONSEQUÊNCIAS

De acordo com Josa, o título paulista com o Ituano, devido as dificuldades, foi o principal de sua carreira. Atualmente com 34 anos, o experiente volante alvirrubro comentou sobre as consequências que um título pode trazer na carreira de um jogador. Com o elenco do Náutico formado por bastantes atletas da base, Josa usa da experiência para alertar os jogadores mais jovens.

"Mudou muita coisa, particularmente é o título mais importante que eu tenho na carreira, então muda muita coisa, muda a visão em torno de você. Você pode conseguir algo melhor na frente depois de um título, um contrato melhor, outra visão de treinadores e torcedores, porque campeão é o topo, todo mundo vai estar em volta te olhando, o Brasil inteiro olha nos estados quem está na final, quem foi campeão, então isso vale muito para gente", destacou.



OFERTAS

Especiais JC

Conheça o udigrudi pernambucano Conheça o udigrudi pernambucano
O udigrudi pernambucano reuniu um grupo de talentosos jovens músicos que, na primeira metade dos anos 70, gravou discos absolutamente não comerciais, fez rock and roll na terra do frevo, produziu festivais, insistiram na permanência do sonho.
Mãe Guerreira Mãe Guerreira
Junto com uma criança, nasce sempre uma mãe, que enfrenta inúmeros desafios para educar, acolher e dar o melhor aos filhos. Por isso, todas elas carregam em si a força e a coragem de verdadeiras guerreiras.
JC 100 anos JC 100 anos
Para marcar os 100 anos de fundação, o JC publica este especial com um panorama do que se passou neste período em que o jornal retratou o mundo, com projeções de especialistas sobre o que vem por aí e com os bastidores da Redação do Jornal do Commercio

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM