Jornal do Commercio
Notícia
Campeonato Pernambucano

Náutico tenta reverter retrospecto em clássicos no ano para ser campeão

Náutico disputou cinco clássicos na temporada e não venceu nenhum

Publicado em 19/04/2019, às 08h03

Para ser campeão, Náutico precisa reverter o placar do primeiro jogo da final / Alexandre Gondim/JC Imagem
Para ser campeão, Náutico precisa reverter o placar do primeiro jogo da final
Alexandre Gondim/JC Imagem
Fernando Castro
Twitter: @fernand0_castro

Para conquistar o bicampeonato estadual neste ano, o Náutico vai ter que reverter o retrospecto em clássicos na temporada. Em cinco disputados no ano, o time alvirrubro não conseguiu vencer nenhum. Foram três empates contra o Santa Cruz - um deles sendo eliminado na Copa do Brasil depois de perder nos pênaltis - e duas derrotas para o Sport.

Nos cinco clássicos disputados na temporada, o Náutico marcou quatro gols e sofreu sete. Para o capitão do time alvirrubro, esse tabu traz um peso a mais para o elenco por conta da cobrança da torcida. “Pesa de certa maneira, os torcedores cobram quando é clássico. A gente também tem essa cobrança quando é clássico, mas o mais importante é o trabalho que a gente vem desenvolvendo, esses 18 jogos que a gente ficou sem perder não foi à toa, é um trabalho do dia a dia", comentou o volante Josa.

Mesmo com o desempenho ruim em clássicos na temporada, Josa revelou que o elenco do Náutico está confiante em reverter a desvantagem do primeiro jogo da final do Campeonato Pernambucano. "Eu creio que a gente ainda tem muita chance de reverter isso, se teve que vir essa derrota no meio, tranquilo, o importante é que ainda temos o jogo final, tem mais 90 minutos para a gente tentar reverter isso. O pensamento da gente é esse e a gente vai reverter, eu tenho certeza disso", destacou.



O zagueiro Diego Silva, titular do Náutico nos últimos seis jogos, também avaliou o desempenho do time em clássicos no ano, especialmente na última derrota para o Sport. Para o atleta, não falta cobrança e vontade dentro do elenco, mas é preciso ter mais atitude durante as partidas.

"Cobrança nunca faltou no nosso grupo. Essa semana estamos treinando para não repetir os erros. Não temos mais tempo para errar, é um jogo que a gente tem que dar a vida para ser campeão. A diferença é pouca, um gol, a gente sabe que saímos atrás, mas não tem nada impossível. Vontade nunca faltou, eu acho que a gente só tem que ter mais atitude. A gente sabe da qualidade que tem nosso time", avaliou o zagueiro.

CLÁSSICOS DO NÁUTICO NO ANO

Campeonato Pernambucano - Sport 3x1 Náutico (27/01)

Copa do Nordeste - Náutico 2x2 Santa Cruz (09/02)

Copa do Brasil - Santa Cruz 1 (4) x 1 (2) Náutico (20/02)

Campeonato Pernambucano - Náutico 0x0 Santa Cruz (17/03)

Campeonato Pernambucano - Náutico 0x1 Sport (14/04)



OFERTAS

Especiais JC

Conheça o udigrudi pernambucano Conheça o udigrudi pernambucano
O udigrudi pernambucano reuniu um grupo de talentosos jovens músicos que, na primeira metade dos anos 70, gravou discos absolutamente não comerciais, fez rock and roll na terra do frevo, produziu festivais, insistiram na permanência do sonho.
Mãe Guerreira Mãe Guerreira
Junto com uma criança, nasce sempre uma mãe, que enfrenta inúmeros desafios para educar, acolher e dar o melhor aos filhos. Por isso, todas elas carregam em si a força e a coragem de verdadeiras guerreiras.
JC 100 anos JC 100 anos
Para marcar os 100 anos de fundação, o JC publica este especial com um panorama do que se passou neste período em que o jornal retratou o mundo, com projeções de especialistas sobre o que vem por aí e com os bastidores da Redação do Jornal do Commercio

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM