Jornal do Commercio
Notícia
Série C

Náutico escalado para enfrentar o Treze com novidades

Hereda e Jhonnatan são mais dois desfalques no Timbu

Publicado em 18/05/2019, às 18h50

Ao todo, seis jogadores desfalcam o Náutico / Arte NE10
Ao todo, seis jogadores desfalcam o Náutico
Arte NE10
JC Online

Mais uma vez com desfalques, o Náutico está escalado para enfrentar o Treze, pela quarta rodada da Série C, com novidades. Além do zagueiro Diego Silva, do lateral-esquerdo Assis, do volante Maylson e do atacante Jorge Henrique, que se recuperam de lesões, o lateral-direito Hereda e o volante Jhonnatan, que atuaram no último jogo, contra o Campinense, também se tornaram desfalques no Timbu. Por outro lado, o volante Danilo Pires voltou a ser relacionado. Já o atacante Matheus Carvalho, voltou a ser titular depois de quase quatro meses. Este será o segundo jogo desde que o técnico Gilmar Dal Pozzo voltou ao clube, o primeiro na Terceira Divisão.

ESCALAÇÕES

Treze: Mauro Iguatu; Edy, Anderson Penna, Ítalo e Silva; Coppetti, Juninho e Marcelinho Paraíba; Gil, Vinícius e Eduardo. Técnico: Flávio Araújo.

Náutico: Bruno; André Krobel, Camutanga, Suéliton e Josa; Jiménez, Luiz Henrique, Matheus Carvalho e Thiago; Odilávio e Wallace Pernambucano. Técnico: Gilmar Dal Pozzo.





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.
Conheça o udigrudi pernambucano Conheça o udigrudi pernambucano
O udigrudi pernambucano reuniu um grupo de talentosos jovens músicos que, na primeira metade dos anos 70, gravou discos absolutamente não comerciais, fez rock and roll na terra do frevo, produziu festivais, insistiram na permanência do sonho.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM