Jornal do Commercio
Titularidade

Matheus Carvalho pensa em ter sequência no time titular do Náutico

Com a chegada de Gilmar Dal Pozzo, o atacante voltou a jogar pelo Náutico depois de ficar mais de dois meses fora, por opção técnica

Publicado em 22/05/2019, às 07h43

Matheus Carvalho disputou apenas seis jogos com a camisa do Náutico.  / Foto: Léo Lemos/Clube Náutico Capibaribe
Matheus Carvalho disputou apenas seis jogos com a camisa do Náutico.
Foto: Léo Lemos/Clube Náutico Capibaribe
Robert Sarmento
Rádio Jornal

A recente mudança de comando técnico no Náutico, com a saída de Márcio Goiano e a contratação de Gilmar Dal Pozzo, foi benéfica para o atacante Matheus Carvalho. Ele chegou a passar mais de dois meses sem entrar em campo e com o novo treinador já foi acionado nas últimas duas partidas, tendo, inclusive, marcado o gol da vitória sobre o Treze, por 1 a 0, que colocou o Timbu no G-4 do grupo A da Série C.

“Estou muito feliz por esse momento, mesmo sendo só dois jogos, mas acho que correspondi aquilo que o Gilmar (Dal Pozzo) já esperava. Eu vinha trabalhando quieto, todos os dias com empenho, esperando uma oportunidade. Agradeço ao professor Márcio (Goiano) também, porque tive oportunidades com ele, mas tenho que respeitar todas as decisões dele e todos os profissionais que estão aqui trabalhando. Acho que chegou o meu momento e vou aproveitar da melhor maneira possível", relatou, Matheus Carvalho.



PERÍODO SEM JOGAR

O longo tempo sem atuar, mostra um contraste em relação à temporada de Matheus Carvalho no ano passado, quando o jogador defendeu o ABC-RN e foi bastante utilizado pelo então treinador Ranielle Ribeiro. Ao todo, foram 18 partidas entre Copa do Nordeste e Série C. De acordo com o atleta, o pouco espaço até o momento no alvirrubro pernambucano se deve ao fato de que característica de trabalho do treinador anterior.

“Eu acho que todos os profissionais têm seu método de trabalho e o Márcio tinha o método dele e acabou não aceitando a minha característica, mas nos treinos ele sempre conversava comigo, sempre falava para eu continuar trabalhando para ter oportunidade, mas infelizmente ele saiu do grupo. Tivemos um ganho de profissional muito bom, exemplar, que é o Dal Pozzo. As oportunidades estão abertas para todos, ele deixou bem claro para todos os atletas, então todos têm que focar e trabalhar para aproveitar as oportunidades", afirmou.


Recomendados para você




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.
Conheça o udigrudi pernambucano Conheça o udigrudi pernambucano
O udigrudi pernambucano reuniu um grupo de talentosos jovens músicos que, na primeira metade dos anos 70, gravou discos absolutamente não comerciais, fez rock and roll na terra do frevo, produziu festivais, insistiram na permanência do sonho.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM