Jornal do Commercio
Notícia
Wallace Pernambucano

Contra clube que mais jogou, artilheiro do Náutico tenta quebrar recorde de gols na carreira

Wallace Pernambucano é o artilheiro do Náutico na temporada com 11 gols marcados

Publicado em 25/05/2019, às 09h34

Wallace tenta superar número de gols feitos no ano passado / Léo Lemos/Náutico
Wallace tenta superar número de gols feitos no ano passado
Léo Lemos/Náutico
Fernando Castro
Twitter: @fernand0_castro

Sem marcar há quatro partidas, o atacante Wallace Pernambucano pode quebrar o recorde de gols da carreira neste sábado (25), caso balance as redes contra o Confiança, clube em que mais jogou como profissional. Artilheiro do Náutico na temporada com 11 tentos, Wallace já igualou o número de gols marcados no ano passado, também defendendo o Timbu.

Atuando pela primeira vez na carreira como centroavante desde o início da temporada, Wallace Pernambucano tem um aproveitamento de gols melhor em relação ao ano passado. Com os mesmos 11 gols marcados, a diferença está na quantidade de partidas. Em 2018, foram 32 disputadas, já nesta temporada, o camisa nove atuou em 25 jogos.

Pelo Confiança, adversário do Náutico neste sábado (23), juntando todas as temporadas pelo clube (de 2012 a 2016), Wallace Pernambucano disputou 77 partidas e marcou 13 gols. Vale ressaltar que no time sergipano, o jogador atuava na maioria dos jogos como meia. Posição esta que, com a chegada do técnico Gilmar Dal Pozzo, voltou a desempenhar em determinados momentos dos últimos dois jogos.



VERSÁTIL

"Ele tem essa variável. Ele era meia, agora está jogando um pouco mais adiantado. O Náutico contratou jogadores versáteis que dão essa possibilidade de variação tática. Ele é muito interessante, porque a gente tem uma equipe, do meio pra frente, que tem transição muito rápida. No momento que ele vem fazer um jogo apoiado, ele faz com que um zagueiro venha junto na marcação e abra espaço para a infiltração de um outro jogador, como o Luiz (Henrique), Matheus Carvalho e Thiago", analisou Dal Pozzo.

Ainda de acordo com o treinador alvirrubro, apesar da característica de criar jogadas possibilitar variações táticas nos jogos, Wallace Pernambucano também é importante para o Náutico ter presença de área. Em jogos do Timbu como mandante, por exemplo, Dal Pozzo revelou a possibilidade de Wallace e Rafael Oliveira atuarem juntos.

"Não podemos esquecer quando tiver jogada de lado de campo, cobro bastante presença de área. Ele é muito importante no sistema e falei para o grupo todo que valorizo todos os jogadores, que às vezes os atacantes não estão fazendo gol, mas eles têm uma valorização porque estão jogando para a equipe. E principalmente em jogos em casa, há uma possibilidade de usar ele o Rafael (Oliveira). Aí temos que propor mais o jogo e ter mais presença de área", destacou.





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.
Conheça o udigrudi pernambucano Conheça o udigrudi pernambucano
O udigrudi pernambucano reuniu um grupo de talentosos jovens músicos que, na primeira metade dos anos 70, gravou discos absolutamente não comerciais, fez rock and roll na terra do frevo, produziu festivais, insistiram na permanência do sonho.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM