Jornal do Commercio
Notícia
Aflitos

Contra o Treze, Náutico inicia sequência de jogos nos Aflitos

Dos seis jogos que restam para terminar a primeira fase da Série C, o Timbu joga quatro vezes

Publicado em 21/07/2019, às 11h03

Diretoria do Náutico fez promoção para ter casa cheia / Bobby Fabisak/JC Imagem
Diretoria do Náutico fez promoção para ter casa cheia
Bobby Fabisak/JC Imagem
Fernando Castro
Twitter: @fernand0_castro

O jogo deste domingo contra o Treze é o primeiro da sequência que o Náutico vai ter dentro dos Aflitos. Das seis partidas que restam para terminar a primeira fase da Série C, o Timbu joga quatro vezes em casa, duas delas consecutivas (Treze e Confiança). Apesar disso, o técnico Gilmar Dal Pozzo afirmou que os jogadores estão ‘proibidos’ de comentar sobre a sequência dentro de casa, isso porque o foco total do time é o Treze.

“É muito importante jogar em casa, com o nosso torcedor, depois de uma vitória como foi contra o Ferroviário, contra o líder do campeonato. Vencemos o jogo, mas já na segunda-feira colocamos um ponto final e começamos a projetar o Treze. Em momento algum, internamente, a gente pensou nos dois jogos em casa. Entendemos que a diretoria fez uma promoção de ingressos casadinha para os próximos dois jogos, mas estamos pensando apenas no Treze”, comentou Dal Pozzo.

Para o técnico alvirrubro, o confronto contra o time paraibano é fundamental para as pretensões do Náutico na Série C. Com a mesma pontuação do quarto colocado Imperatriz, o Timbu tem um saldo de gols inferior ao time maranhense. Por isso a atenção é total. “Não estamos preocupados com a sequência. Respeitamos o Treze pela qualidade e grandeza da história do clube. Vamos levar a sério esse jogo para encaminhar a vitória”, destacou.



SEQUÊNCIA

Além de Treze e Confiança, o Náutico recebe no estádio dos Aflitos o Sampaio Corrêa e, na última rodada, tem o clássico contra o Santa Cruz. Projetando uma classificação com 28 pontos, Gilmar Dal Pozzo revelou que o elenco não está preocupado em ser o primeiro ou segundo colocado no Grupo A, mas sim em se classificar.

“Projetando o mata-mata, ninguém me convence que classificar em primeiro vai ter algum tipo de vantagem só por fazer o segundo jogo em casa. A verdade é que a próxima fase é um campeonato totalmente diferente”, disse.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM