Jornal do Commercio
Notícia
Gilmar Dal Pozzo

Após vitória sobre o Santa Cruz, técnico valoriza momento do Náutico: "Merecimento"

Time alvirrubro venceu o Santa Cruz por 3x1, nos Aflitos

Publicado em 24/08/2019, às 21h04

Zagueiro Diego Silva marcou o primeiro gol do jogo / Brenda Alcântara/JC Imagem
Zagueiro Diego Silva marcou o primeiro gol do jogo
Brenda Alcântara/JC Imagem
Fernando Castro
Twitter: @fernand0_castro

Com a grande vitória no clássico contra o Santa Cruz, o Náutico conseguiu atingir com excelência os objetivos traçados pela diretoria: a classificação às quartas de final e a liderança do Grupo A. Para justificar o bom momento do time ao analisar o desempenho dos joagdores, o técnico Gilmar Dal Pozzo destacou a força do elenco alvirrubro e voltou a repetir uma palavra bastante usada por ele durante o trabalho no clube: merecimento.

"Foi uma vitória convincente. O Santa foi superior durante 15 a 20 minutos. A gente soube se defender e quando a gente equilibrou o jogo fizemos os gols. No segundo tempo voltamos com uma postura muito forte e depois tomamos um gol porque o Santa povoou o meio. Isso é a gratificação do bom trabalho. É merecimento. Trabalhamos muito e os jogadores estão se dedicando durante os jogos. Temos um grupo forte", destacou Gilmar.




Galeria de imagens

Legenda
Anteriores
Próximas

DIFICULDADES

Ressaltando a qualidade dos jogadores rivais, Gilmar Dal Pozzo admitiu que o time alvirrubro teve dificuldade no início do jogo, principalmente pela dificuldade de encaixar a marcação alta. A partir da metade do primeiro tempo, no entanto, a estratégia traçada por ele começou a dar certo. O treinador ainda valorizou a atuação do lado direito da equipe, que funcionou bem com Jiménez, Jean Carlos e Jhonnatan. Foi no setor que o Timbu marcou o segundo e o terceiro gol do jogo.

"A gente sabia da necessidade do Santa Cruz de conseguir o resultado e da qualidade dos jogadores. O Santa Cruz começou melhor no primeiro tempo, tivemos dificuldades para subir a marcação, mas aos poucos conseguimos equilibrar o jogo. Quando acertamos a marcação e colocamos a bola no chão, nós conseguimos ter domínio, principalmente pelo nosso direito, envolvendo o nosso adversário", analisou.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM
'; status++; } } else { status = 0; document.getElementById("aovivo").style.display = "none"; } setTimeout(function() { aovivo(); }, 180000); })();