Jornal do Commercio
Notícia
série c

Presidente do Paysandu tentará anular o jogo do acesso do Náutico

Presidente do Paysandu, Ricardo Gluck, viajou para o Rio de Janeiro para oficializar pedido de anulação da partida contra o Náutico

Publicado em 10/09/2019, às 12h11

Náutico venceu a disputa nos pênaltis por 5x3 / Alexandre Gondim/JC Imagem
Náutico venceu a disputa nos pênaltis por 5x3
Alexandre Gondim/JC Imagem
JC Online

O presidente do Paysandu, Ricardo Gluck, viajou para o Rio de Janeiro nesta terça-feira para tentar impugnar o jogo contra o Náutico do último domingo, válido pelo mata-mata do acesso à Série B do Brasileiro. De acordo com o mandatário do Papão, o pênalti marcado pelo árbitro Leandro Vuaden aos 49 minutos do segundo tempo não valeu. Ricardo oficializará um pedido de anulação junto à Confederação Brasileira de Futebol (CBF), na capital carioca.

Em entrevista à Gazeta Esportiva, o presidente disse que houve uma série de "nebulosidades" envolvendo a partida decisiva contra o Timbu. Além do pênalti, ele alegou que a convocação de Vuaden não condizia com a importância do confronto. "Além de não ser Fifa, ele está no final da carreira e deve ser aposentar no ano que vem", falou. Sobre a penalidade, Gluck falou sobre assalto.



"Não lamentamos os três pontos. As pessoas falam que nós fomos assaltados. Eu digo que foi um latrocínio. Além do assalto, fomos assassinados. Sem o acesso, perdemos R$ 12 a 15 milhões no orçamento de um clube do Norte. É quase um decreto de vida e morte", disse. 

O JOGO

Náutico e Paysandu empataram por 2x2 no tempo regulamentar. Na decisão dos pênaltis, o time pernambucano venceu por 5x3 e garantiu o acesso à Série B de 2020. Agora, o Timbu tentará conquistar o título da Terceirona. O próximo duelo será contra o Juventude, pela semifinal.

Palavras-chave




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Reencontros Reencontros
A menina que salvou os livros numa enchente, o garoto que venceu a raiva humana, o médico que superou a pobreza, os albinos de Olinda e o goleiro de uma só perna foram personagens do projeto Reencontros, publicado em todas as plataformas do SJCC
Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM