Jornal do Commercio
Notícia
eleição

Justiça multa Náutico em R$ 100 mil por descumprimento de decisão

O conselho descumpriu a decisão judicial que liberava a candidatura de Newton Morais

Publicado em 10/12/2019, às 21h10

A decisão pela impugnação aconteceu na sexta-feira (6). / Foto: Conselho Deliberativo/Náutico
A decisão pela impugnação aconteceu na sexta-feira (6).
Foto: Conselho Deliberativo/Náutico
Karoline Albuquerque
Do Blog do Torcedor

Toda a confusão quanto à candidatura de Newton Morais ao conselho deliberativo do Náutico foi parar na Justiça e, nesta terça-feira (10), o juiz Ruy Trezena Patu Júnior determinou que o clube pague uma multa de R$ 100 mil por não ter acatado a decisão de liberar a candidatura. O Timbu ainda pode recorrer.

Na decisão que determinou a multa, o juiz ainda citou a denúncia do conselheiro Paulo Azevedo de que o vice-presidente do conselho deliberativo Ivan Pinto da Rocha teria ameaçado todos os membros caso Newton Morais estivesse apto ao pleito. Por fim, o magistrado acrescenta que a Comissão Eleitoral do Náutico teve sua soberania violada.



"O Presidente, Conselheiro Paulo Azevedo, registrou que, ontem, à noite, recebeu um telefonema do Vice-Presidente, então em exercício da Presidência do Conselho Deliberativo, Ivan Pinto da Rocha, tratando-o com prepotência, arrogância e falta de urbanidade, advertindo que o Pleno do Conselho Deliberativo, na reunião daquele dia, havia decidido por acolher a impugnação do associado Newton Morais, candidato a uma vaga no Conselho Deliberativo, e que, caso a Comissão Eleitoral não cumprisse aquela decisão, de forma como foi prolatada, ele, monocraticamente, destituiria todos os membros", diz o texto.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM
'; status++; } } else { status = 0; document.getElementById("aovivo").style.display = "none"; } setTimeout(function() { aovivo(); }, 180000); })();