Jornal do Commercio
Notícia
Campeonato Pernambucano

Com time alternativo, Náutico tenta primeira vitória na temporada diante o Petrolina

Titulares contra o River-PI pela Copa do Nordeste serão poupados

Publicado em 25/01/2020, às 20h29

Atacante Erick deve ser titular no jogo / Brenda Alcântara/JC Imagem
Atacante Erick deve ser titular no jogo
Brenda Alcântara/JC Imagem
Fernando Castro
Twitter: @fernand0_castro

Três dias depois de empatar contra o River-PI na estreia da Copa do Nordeste, o Náutico já volta a entrar em campo neste domingo (26), dessa vez pelo Campeonato Pernambucano, contra o Petrolina, às 16h, no estádio Paulo Coelho. Com uma sequência grande de jogos pela frente, o técnico Gilmar Dal Pozzo resolveu rodar o elenco e dar oportunidades aos jogadores que não vinham atuando. Mesmo com uma equipe alternativa, o comandante alvirrubro garantiu que o Timbu vai com o que tem de melhor disponível no momento.

"A gente vai muito forte para o jogo, com o que temos de melhor no momento, respeitando o campeonato e por necessidade de resultado. Como no início do ano nós vamos ter uma grande sequência de jogos, cerca de um jogo a cada três dias, então vamos ter que rodar o elenco e todo mundo ter oportunidade. Vamos focar jogo a jogo e entrar com o que temos de melhor no momento, reunindo a física, técnica, tática e mental", avaliou Gilmar Dal Pozzo.

Em busca da primeira vitória na temporada, o comandante alvirrubro minimizou a pressão sobre o elenco diante o Petrolina. O início de temporada do Náutico não tem sido como o torcedor esperava. Com dois empates nas duas primeiras partidas oficiais do ano, a torcida alvirrubra ficou na bronca e demonstrou muita insatisfação após o empate em 1x1 contra o River-PI, quinta-feira nos Aflitos.

"Quem veste essa camisa tem que saber jogar com pressão e não é só os 11 titulares, são todos os jogadores que estão aqui. Nós temos a personalidade e vamos muito fortes contra o Petrolina, é uma oportunidade para os meninos da base e para outros jogadores que não estão jogando para buscar o resultado. A pressão de vestir essa a gente sabe que tem, é normal no futebol", comentou o Dal Pozzo.

Poupando todos os jogadores que foram titulares na estreia da Copa do Nordeste, Gilmar Dal Pozzo deve promover algumas estreias no Náutico. É o caso do goleiro Marcão e do atacante paraguaio Guillermo Paiva, que só tiveram oportunidades durante os amistosos da pré-temporada, além do zagueiro Carlão, que deve fazer o primeiro jogo como profissional.



Sem poder contar como nomes como o meia Jean Carlos e o atacante Kieza, os atacantes Erick e Jorge Henrique são as principais peças ofensivas do Timbu. Por outro lado, com um desconforto muscular, o volante Luanderson é dúvida para o duelo. Caso não tenha condições de jogo, o meia Lucas Paraíba deve começar jogando.

PETROLINA

Comandado pelo técnico Higor César, o Petrolina faz o primeiro jogo em casa no Estadual e tenta se recuperar da goleada sofrida para o Santa Cruz na primeira rodada do Campeonato Pernambucano. Contra o Náutico, a Fera Sertaneja aposta na força do estádio Paulo Coelho e espera contar com a presença da torcida. “Sabemos que vai um jogo muito difícil, mas jogando dentro da nossa casa, é o que falei para os atletas, temos que nos impor e procurar incansavelmente a vitória”, comentou o técnico Higor César. 

FICHA DE JOGO

Petrolina: Tigre; Nem, Nildo, Montanha e Wallace; Daniel, Cícero Matheus e Marquinhos; James Dean, Dênis e Douglas. Técnico: Higor César. Esquema: 4-3-3. 

Náutico: Marcão; Bahia, Diego Silva, Carlão e Erick Daltro; Luanderson (Lucas Paraíba), Wagninho e Jorge Henrique; Erick, Jefferson Nem e Guillermo Paiva. Técnico: Gilmar Dal Pozzo. Esquema: 4-3-3.

Local: estádio Paulo Coelho, em Petrolina (PE). Horário: 16h. Árbitro: Nairon Pereira. Assistentes: Francisco Chaves e Victor Lavôr.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM