Jornal do Commercio
Vôlei

EUA vão à final e Brasil pegará China pelo bronze da Liga das Nações

Seleção perdeu para Turquia nas semifinais

Publicado em 30/06/2018, às 15h43

Jogo do bronze será neste domingo / Divulgação/FIBV
Jogo do bronze será neste domingo
Divulgação/FIBV
JC Online

A seleção feminina de vôlei dos Estados Unidos venceu a China por 3 sets a 1, com parciais de 25/23, 25/20, 18/25 e 25/18, neste sábado, na casa da adversária, em Nanquim, e garantiu classificação para a decisão da Liga das Nações.

Com o triunfo, as norte-americanas se credenciaram para enfrentar na decisão deste domingo, às 8 horas (de Brasília), a Turquia, que horas mais cedo, na outra semifinal da competição neste sábado, derrotou o Brasil por 3 sets a 0.

Desta forma, a seleção comandada por José Roberto Guimarães enfrentará as chinesas no confronto que valerá a medalha de bronze, às 4 horas (de Brasília) deste domingo, na disputa do terceiro lugar.



Na última sexta-feira, o Brasil superou as chinesas por 3 sets a 0 para avançar às semifinais como líder do Grupo A desta fase final da Liga das Nações. Porém, acabou sendo eliminado pelas turcas, que se classificaram como vice-líderes do Grupo B.

Antes disso, as brasileiras haviam estreado neste estágio derradeiro da competição superando a Holanda também sem ceder nenhum set à adversária, que já havia caído diante da China na abertura de sua campanha nesta fase.

A Liga das Nações substituiu no calendário do vôlei feminino o Grand Prix, torneio do qual a seleção brasileira foi a maior campeã, com 12 troféus, e faturou o título de sua última edição, no ano passado.


Palavras-chave




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Vida fit todo dia Vida fit todo dia
Apesar de a abertura do Verão no Brasil só acontecer em dezembro, no Nordeste há uma antecipação da data. Por esse motivo, que tal aproveitar esses meses de energia para cultivar bons hábitos e mudar o estilo de vida? Veja várias dicas de como se cuidar
BRT: E agora? BRT: E agora?
Ele está ferido, sofrido. Esquecido. E sem perspectivas de melhoria. Tem sobrevivido como é possível e, apenas pontualmente, esboça reações positivas. O sistema BRT, Bus Rapid Transit, tem sofrido de inanição em todo o País. E poderá se perder.
Especial educação Especial educação
E se você descobrisse que o futuro ligado às tendências que irão norteá-lo já chegou? O mundo hoje é um mar de oportunidades, para conhecimento, informação e inovação. Cada vez mais o profissional precisa evoluir. Por isso veja o caminho a seguir

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM